28 de outubro de 2009

As Raposas de Sansão

Causos de Zena

Seria capaz de garantir que esta história não aconteceu, mas como tantas testemunhas no culto lotado, fica complicado desmentir:

Após a abençoada apresentação de uma dupla sertaneja gospel numa conhecida igreja pentecostal, o pregador emocionado com a letra do hino - que tinha como tema "Sansão" - subiu ao púlpito já falando em línguas. Dissertando sobre o mesmo assunto, falou sobre quando o tal juiz, que, para se vingar dos filisteus, capturou trezentas raposas e com suas caldas felpudas fez tochas, fazendo que os bichos corressem pelos campos, incendiando as plantações.
O pregador usava a mensagem para falar as mulheres , quando soltou a máxima:

"... E assim como as raposas de Sansão, Deus porá fogo no seu rabo, minha irmã! Aleluia!"

E o pior que teve gente dando "aleluia" e "glória a Deus".
Não sei se é trágico ou cômico...

Zé Luís

2 comentários:

  1. Foi assim que o termo "tragicomédia" surgiu.
    Mas creia, meu irmão: o caso é trágico mesmo. Só pra não ficar na dúvida!

    - Claudio Marcio

    ResponderExcluir
  2. Ah... entao agora está preto neh... Ficou melhor assim...
    No mais como havia dito, lembro-me dessa pregação.
    coisas estranhas...

    Eu

    ResponderExcluir