13 de outubro de 2009

Quando o Sangue é Insuficiente.


Neste domingo ouvi mais um sermão em minha igreja.
Não citarei nomes – por enquanto. Não por não querer denegrir a imagem da pessoa. Ela mesmo não teve a mínima vergonha ao dizer diante de mais de duzentas pessoas o que comentarei a seguir.
Não darei nomes por que, apesar dos pesares, espero que um dia ele se arrependa e refaça suas declarações, e este texto acabe indevidamente perpetuando a besteira dita, mesmo após ter se retratado.

Apesar disso, o sermão foi gravado e está a disposição para qualquer irmão que esteja disposto a comprar o CD.

O professor de escola bíblica e líder-pastor-auxiliar na comunidade evangélica era um dos pregadores naquele congresso, e começou com uma leitura de 1 Timóteo, mas poderia ser qualquer passagem- ou mesmo uma receita de bolo - já que o sermão se dividiu em três partes (como ouvi o Pastor Kivitz certa vez): Ele leu o texto, saiu do texto e nunca mais voltou para o texto.

O tema – que sempre cita antes de falar – era mais um daqueles “Sete passos para uma Vida melhor”, ou “10 dicas para um Umbigo Limpo”, ou mesmo: “Seja bom como EU, ou morra tentando...”. Tanto faz em que andar ele estava indo com aquele elevador: já tinha errado o prédio.

Começou passeando pelos mesmos versículos de caixinha de promessa, e terminou com a velha teologia confusa:
“Você aceita Jesus e se batiza, e ali seus pecados são perdoados... a partir daí, você está por sua conta se não seguir o que seu pastor ensinar. Todos os novos pecados tem que vir seguido de arrependimento...se você morrer neste momento sem arrependimento, vai pro inferno!...

Depois, arrematou com sua declaração mais terrível:
“Quem não dizima, não é salvo e quando morrer vai para o inferno!”

Ele ainda não é pastor titular, mas ele é quem ensina na Escola Bíblica.
Existe ali um povo que o vê como referência, e tem estas HERESIAS como reais.
Paulo disse que qualquer um que pregue um evangelho que não seja que o Cristo nos salva ( e ninguém nos separará do Amor Dele) seja considerado MALDITO! ANATEMA!

Como alguém pega o sangue da cruz, e desconsidera o “Está Consumado” por conta de dinheiro?
Por que alguém em são juízo ensina que parte da salvação cabe a nós, se o próprio Cristo não disse isso?
Confesso que na hora fiquei injuriado com o Senhor de não tê-lo engasgado ali, mas era tristeza que me fazia querer pará-lo. Coisa que nunca faz.
Que o Senhor tenha misericórdia de sua vida, e não vá para o Juízo sem a chance de se retratar diante da casa de Deus.

Zé Luís