20 de dezembro de 2009

Carta aberta do Apóstolo ao Salvador do Planeta, Carlos Magalhães.


Caro Salvador.


Muito comovido fiquei quando recebi seu cartaz através de minha caixa de entrada de e-mails ungida.


Como profissional da área, vi que você se esforça, mas falta-lhe o básico. Se você pretende ser reconhecido como autoridade espiritual, tente credenciais mais eficazes: apóstolo, episcopesa, pai-póstolo. Só “”pastor não daria o impacto necessário que você almeja, quando tenta convencer que seu projeto é mundial.


Argumentos sociais como o auxilio em creches, albergues, clínicas de tratamento de drogados só tem peso se você alega que o dinheiro doado, além de ser usado nisso, ainda os enriquecerá. A ganância travestida de altruísmo convence a maioria destes seguidores. Misture versículos para dar veracidade à seus apelos, e não se importe com o contexto: quase todos não lêem a bíblia, e não tem a menor noção do que estamos ensinando.


Procure fazer pregações que tenham temas com força emocional, sentido dúbio, use misticismos, e o nome de Jesus tem de ser incluído sempre: isso fortalece o argumento, independente do que fale. Não se importe com isso. Se for questionado, use a falácia da autoridade: fale sobre a unção que você recebeu do próprio Criador, e por ser ungido, não pode ser questionado (tem versículo pronto para isso).


Não se preocupe se meia dúzia descobre que não somos mais do que eles: estes são sempre minoria absoluta, e a própria maioria, se puder, os expulsará do nosso convívio.


Outro ponto crucial: Troque seu apelo pela oferta, não conte com doações voluntárias por piedade ou compaixão. Faça o ofertante imaginar que ele doa, mas seu lucro sempre será maior, faça-os crer que Deus aceita barganhas e que o céu se obriga a devolver o dinheiro...Como se sabe, Deus não falha...rs


Sei que vai achar estranho, mas a melhor literatura para os púlpitos (ou palcos, se preferir) são os livros de auto-ajuda. Lair Ribeiro, ou qualquer um dos autores desta linha; eles, assim como nós, apóstolos, se plagiam sistematicamente. Tem uns que usam astrologia, numerologia, mas recomendo mais cautela nisso. Não convém abusar da imbecilidade alheia.


Quanto às ofertas recebidas, fique tranqüilo: não existe nestas terras legislação que policie esta prática, mesmo se feita de forma ilícita. Só não cometa a tolice de tentar fazer estas ações em outros países com uma lei mais séria e eficaz.


Isto é o básico. Fico por aqui, na esperança que você não tenha entendido, já que o nosso negócio está muito concorrido, refinado, e a concorrência por ovelhas está cada vez mais dura. Basta verificar como o tráfego aéreo vem se congestionando entre nossos iguais.


Um abraço ungido e apostólico

Di Giorgio Canarinho
Querubim da Catedral Galáctica dos Ungidos do Reino

5 comentários:

  1. Querubim da Catedral Galática dos Ungidos do Reino? Tu não é fraco não hein? KKKK Esse texto seria cômico, se não fosse trágico. Mas a cara desse sujeito é indissociavelmente as duas coisas. Pérolas do Zé Luís que só tem aqui!

    ResponderExcluir
  2. Respondo aqui pelo nosso apóstolo, já que o mesmo ainda ora, buscando de Deus unção sobressalente, para saber se deve ou não responder questionamentos de simples mortais. Por isso, ainda não montou seu blog, seu twitter ou mesmo Orkut, embora a idéia de ter seguidores só lhe seja interessante quando neste possam dar-lhe algum lucro. Massagem no ego não enche tanque de jatinho.

    Nosso amado apóstolo Canarinho não pode ser chamado de anjo da Igreja, e por revelamento, assumiu o querubim, que das hostes celestiais é o que me mais se enquadra em sua santidade...

    Posteriormente, estarei abrindo uma seção apenas para questões apostólicas.

    ResponderExcluir
  3. Puxa, agora fiquei curiosissimo para saber mais sobre essa autoridade espiritual que já pode ser considerado o maior entre os nascidos de mulher. E aí Zé, sabes se tem alguma congregação do Ungido Di Giorgio Canarinho aqui pelas nossas terras?

    ResponderExcluir
  4. Se não me falha a memória, Nosso Senhor Canarinho pretende montar uma Catedral em Mossoró - RN, conhecida mundialmente pela produção de sal. Em Natal, na praia de Ponta Negra, adquirirá um "monte", para suas orações pessoais ungidas.

    O Megapóstolo pensa em ungir o mesmo ainda na fonte (quando ainda está grosso) e revende-lo em seu templo a preço semi-desnatado. Outras "igrejas"(fora templo de umbanda e churrasxcarias evangélicas) já nos procuram para fornecimento do mesmo, mas as negociações fracassam, já que a ungimento de nosso sal é diferente do ungimento dos "sal" só é valido se o dízimo é colhido naquela igreja... Mais isto é mistério... Falta-lhe unção do entendimento.

    Mas você poderá adquiri-la em breve, dentro da nossa sessão "Megapóstolo Canarinho Responde"

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Que que eu faço com isso????

    Cada uma, viu!!!

    Mas quanto ao blog, amei. Vou vir sempre aqui.

    Fica com Jesus e que Ele seja sempre o centro da sua vida.

    ResponderExcluir