19 de dezembro de 2009

Como Evitar Brigas no seu Casamento

Zé Luís

Mate o Cavalo!
Certa mulher, admirada com seus vizinhos,um casal de velhinhos casados a tantos anos perguntou se eles brigavam muito:

- Não, minha filha. São mais de cinquenta anos, meu primeiro e único namorado, e nunca brigamos. Só uma vez...
- Que bonito, dona Alzira. Mas como foi essa briga?
- Foi pouco tempo após o casamento. Naquela época a gente usava cavalo para se locomover.: esse era nosso meio de transporte. A cerimônia na igreja foi linda, e depois da festa, montamos no bicho, ele na frente, eu na garupa, e galopamos noite afora pela escura estrada de terra. Após alguns quilômetros, o cavalo deu um tropeção...
- Nossa! - disse a vizinha – E aí?
- Aí que o Genésio falou “Uuuuuuuuum”, como se falasse para o cavalo. Quando o bicho percorreu mais alguns quilômetros, e tropeçou de novo, ele disse na orelha do bicho “dooooooooois”. NO terceiro tropeção, gritou “Três!”, parou o bicho, me desceu da garupa, tirou um revolver da cintura e deu cinco tiros na cabeça do animal. Eu fiquei indignada com aquela cena. Gritei com ele:”Por quê fez isso? Que exagero! Você enlouqueceu! E agora? Como a gente vai chegar em casa? O que você tem na cabeça! Seu descontrolado... Foi aí que ele olhou bem prá mim e falou “Uuuuuuuuuuummmm!”

Se você não casou ainda, e vai cometer esse ato, nunca deixe de matar o cavalo na primeira oportunidade. Não vai? "Uuuuuuuuuuuuuuummmmmmm!"