24 de fevereiro de 2010

Fiéis esperam pela “ressurreição” de dois dos seus pastores

Os fiéis de uma igreja protestante do Oeste do Quênia rejeitaram, desde a semana passada, exumar dois dos seus pastores, mortos num acidente de trânsito, na esperança que eles venham a “ressuscitar”, informou nesta segunda-feira, fontes citadas pela France Press (AFP).

Patrick Wanjohi e Francis Kamau Ndekei, pastores da “Família do reino dos céus” (KSF), encontraram a morte num acidente de trânsito sobre a auto-estrada ligando a capital Nairobi à Nakuru (oeste), onde está baseada a KSF.

“Justamente que eles estão a dormir, eles não estão mortos “, estimou “o apóstolo” e líder da KSF, John Kimani.

Tal como Jesus foi ressuscitado no “terceiro dia”, após a sua crucificação, segundo o Evangelho, “o apóstolo ” do KSF, tinha anunciado a ressurreição dos dois pastores para quinta-feira passada, o que não aconteceu, noticiou o diário local The Star.

Assim, os caixões contendo os seus restos mortais foram depositadas no respectivo templo, onde fiéis, agrupados em centenas, fazem orações pelo “milagre” há muito esperado.

“As nossas orações continuarão até esta quinta-feira. Assim, se eles não retornarem à vida, vamos enterrá-los prometeu o “apóstolo” Kamani.

Fiquei sabendo pela @jessy_mara, editora do IchtusGate Via Twitter.
Vi no O Galileu

Nenhum comentário:

Postar um comentário