29 de março de 2010

Como Adão e Eva teria gerado tantas raças diferentes?


Muitos jovens, e até os adultos, questionam como todas as variedades ou "raças" de pessoas poderiam surgir a partir do mesmo e único ancestral humano. Bem, isto não é tão diferente de se perguntar como crianças, nascidas dos mesmo pais,cabelos de cores diferentes(castanhos, loiros, ruivos, negros).

Assim como algumas pessoas hoje carregam genes para produzir descendentes com cabelos e olhos de cores diferentes, o suposto casal primordial, Adão e Eva, possuíam genes para produzir toda a variedade de raças. Você e eu, hoje, não podemos levar os genes para produzir cada variedade ou raça de seres humanos, mas os primeiros pais da humanidade possuíam tais genes.

Todas as variedades de seres humanos carregam genes para os mesmos traços básicos, mas não são que possuem as variações possíveis dos genes. Por exemplo, uma pessoa pode estar carregando diversas variações do gene para a cor dos olhos (ou seja, castanho, verde, azul), mas alguém pode estar carregando apenas uma variação do gene para a cor dos olhos (ou seja, castanho). Assim, ambos terão diferentes habilidades para afetar a cor dos olhos de sua descendência.

Alguns pais com cabelos negros, por exemplo, são capazes de produzir crianças com cabelo loiro, mas seus filhos loiros (porque eles herdarão apenas genes recessivos) não terão a capacidade de produzir crianças com cabelos negros, a não ser que os tenha com alguém com este mesmo cabelo negro. Se os descendentes loiros se relacionarem apenas com loiras,em seguida, toda a descendência será loiro, embora o ancestral original possuía cabelos negros.

Na verdade, só existe uma raça - a raça humana - dentro do qual existe muitas variações e permutações.

As provas que a Ciência tem, mostram que apenas a microevolução (variações dentro de uma "espécie biológica", como as variedades de cães, gatos, cavalos, vacas, etc) é possível, mas não a macroevolução (diversidade biológica em toda a "tipos", especialmente dos tipos mais simples de mais complexos). A única evolução que ocorre na Natureza é microevolução (evolução ou horizontal), mas não a macroevolução (evolução vertical).

A capacidade genética para microevolução existe na natureza, mas não a capacidade genética para macroevolução. Os genes (química e instruções genéticas ou programas) para microevolução existem em todas as espécies, mas não os genes para macroevolução. A menos que a natureza tem a inteligência e capacidade de realizar engenharia genética (para a construção de genes inteiramente novos, e não apenas para produzir variações e novas combinações de genes já existentes), a macroevolução nunca será possível.

2 comentários:

  1. Cara, eu sou cristão como você e professor de biologia. Topei com seu blog através do genizah se não me engano e gostei das tirinhas de Batman :D
    Eu estive estudando sobre isso [talkorigins.org, por exemplo] e cheguei à conclusão de que a macroevolução é totalmente plausível. Porém, as mutações e a seleção natural não dão conta de explicá-la, nem o testemunho fóssil é capaz de demonstrá-la! Por isso, é possível que Deus tenha criado os vários Filos e supervisionado os processos de especiação.

    Essa afirmação é totalmente condizente com a fé cristã, já que Agostinho, séculos antes de Darwin afirmou que Deus pode ter criado a vida com potências que foram se desenvolvido ao longo do tempo.

    Espero poder postar alguma coisa no meu blog sobre isso.

    Blz [putz falei demais]

    ResponderExcluir
  2. Em Genesis 1
    Deus criou uma raça..
    Em Genesis 2
    Deus formou da terra a outra raça..

    Em Genesis 6.4
    As duas raças se misturaram
    Gerando as outras...

    É como vc pegar a cor amarelo
    E misturar com azul...
    Vai dar verde...
    Verde com azul... outra cor
    Verde com amarelo ... outra
    E assim por diante

    ResponderExcluir