20 de abril de 2010

Radares de trânsito monitorando do espaço

Fonte: Telegraph

Novas super-câmeras são capazes de monitorar a velocidade dos carros do espaço, através de posicionamento de satélites, e seu mecânismo é semelhante ao usado nos radares em ruas e estradas, e já estão em uso na Inglaterra.

O AA acredita que o novo sistema poderá abranger uma rede de ruas em vez de uma linha reta, e foi "provavelmente preparado para as áreas residenciais."

O Ministério do Interior inglês já testa as câmeras em dois locais, um em Southwark, Londres, e no A374, e entre Antony and Torpoint na Cornualha.

O `sistema SpeedSpike, que calcula a velocidade média entre dois pontos quaisquer na rede, foi desenvolvida pela PIPS Technology Ltda, uma empresa pública americana com base em Hampshire.

Detalhes dos testes estão contidos em um relatório da Câmara. A companhia disse em sua homologação que as câmeras habilitadas "capturam as placas dos carros, independente das condições de tempo, 24 horas por dia". Ela também se refere ao sistema como de "baixo custo" e a vantagem na facilidade de instalação.

O sistema poderia ser usado para "melhorar fluxo em estradas principais e redução dos congestionamentos, além, - claro - do controle de velocidade", além de eliminar o uso de radares de beira de estrada.

O desenvolvimento das câmaras de velocidade tem levantado preocupações sobre a expansão de fiscalização do Estado.

O Ministério do Interior disse que não era possível dar maiores dados, devido a regras contratuais que garantem "segredo comercial", mas garante que verificou o sistema com "cuidado", não acreditando que possa se tratar de algo sinistro: "É uma evolução natural da tecnologia que está lá fora", disse um porta-voz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário