13 de maio de 2010

A verdade sobre Cleycianne


Caso você não conheça, Cleycianne é a "dona" de um blog com milhares de visitantes, onde a modelo ultra-conservadora conta detalhes de sua conversão, além de opiniões totalmente radicais a respeito de celebridades. Vide @cleycianne no twitter. Abaixo, o verdadeiro autor da personagem.

6 comentários:

  1. Cara, nunca ouvi falar nessa mulher.... Mas uma coisa, eu criei uma Caixa de promessa com link explicativo... Eu acho uma mensagem boa em um blog apologético e coloco o link pro pessoal acessar e entender sobre o versículo... É atualizado a cada 12 horas: http://calebeonline.blogspot.com/2010/05/uma-grande-novidade-para-os-blogs.html

    ResponderExcluir
  2. Eu li essa materia no orkut da Amana. Sinceramente achei uma boa sacada, é uma especie de humor-denuncia contra o legalismo e as alienações de muitos crentes, infelizmente uma realidade em nosso meio, eu até rio bastante, mas tem hora que a brincadeira fica séria demais, pesada e constrangedora, como um dos ultimos videos lá, o "pagode pentecostal" (É melhor tu nem ver Zé, cuidado com as idéias rsrsrs). Também não gosto dos comentarios, todos ofensivos. Pelo que vemos nos jargões e pela maneira erronea como "ela" interpreta a Bíblia, esse Tiago deve ter se decepcionado muito com alguma igreja pra criar o fake. O sucesso do Blog é estrondoso, poderia ser um humor legal, mas exagera na dose, fica caricato e grotesco demais. E peca também por generalizar.

    E tu o que acha?

    Ah, te enviei o email do Amigos Blogueiros para o gmail, aguardo ansiosamente seu retorno. Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Faz bastante tempo que acessei, achei de mal gosto e caricato.
    Dei uma boas risadas como os comentários.
    No mais, esse rapaz, como bem disse o Edér, é mais um fruto gospel.

    ResponderExcluir
  4. Vi um comentário a respeito dessa "moça" no blog de um amigo meses atrás mas não dei importância. De tão exagerado até achei que fosse um tipo de invenção assim mesmo.

    E eu tô com o Éder, ele não soube conduzir a personagem.

    Até que vale uma pitada de agressividade e duas de irreverência. Mas "tudo demais é veneno", já dizia minha sábia vovozinha.

    Abs...

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia essa patifaria. Aliás eu não tenho o mínimo interesse em Twitter, sou fã do Saramago que diz: “...os tais 140 caracteres reflectem algo que já conhecíamos: a tendência para o monossílabo como forma de comunicação. De degrau em degrau, vamos descendo até o grunhido.”

    Voltando ao "Cleycianne", maldito seja o Ócio pra um cara desse viu. Um exemplo de disseminação da bestificação via Internet.


    Leão.

    ResponderExcluir
  6. È verdade. Com certeza deve ser alguem que se decepcionou muito com alguma igreja evangelica.

    ResponderExcluir