22 de junho de 2010

O crente Kaká contra o ateu Juca Kfouri


Juca Kfouri, jornalista esportista, é ateu e critica a mistura entre religião e futebol. Agora, se já não bastassem os problemas de Dunga com a Globo, numa entrevista coletiva nesta manhã, Kaká aproveitou uma pergunta de André Kfouri, filho do jornalista em questão, para dizer o seguinte:

"Repetidamente em seu blog, os canhões do teu pai têm me atingido. O motivo pelo qual Juca me ataca não é profissional, ele já deixou claro muitas vezes que me ataca porque eu defendo publicamente a minha fé em Jesus. Mas da mesma forma que eu respeito ele como ateu, gostaria que ele respeitasse a mim e a milhões de brasileiros que creem em Jesus Cristo" (fonte: eBand).

Pelo andar da carruagem, com esta mistura explosiva de futebol, religião e - obviamente - política, se o Brasil ganhar a Copa, aí sim vai ser um milagre...


Nota deste editor: Na boa? Gostei da posição do Kaká. Como será que o Juca, que sempre fala e não dá direito a resposta recebeu seu "Cala a boca"?

Negócio é o seguinte: só quem pode falar mal de crente é "nóis"! Os "crente"!(força do hábito).

15 comentários:

  1. huahuahauauhaa!!!!

    boa... mas na real, é assim mesmo...
    o Juca é um grande repórter, mas... tem seus erros e falhas.

    Parabéns para o Kaká

    abraços

    ResponderExcluir
  2. Em partes, concordo com o Juca, que não devemos fazer propaganda religiosa usando o nome do Senhor (ou de qualquer outra religião), mas também gostei do posicionamento do Kaká, que exaltou o nome de Jesus em sua entrevista, não o negando.

    ResponderExcluir
  3. pois bem,

    numa copa onde o espetáculo não é jogo, o maior "evento" fica por conta dos jornaleiros, sim jornaleiros, pois quem faz de tudo pra vender jornal é jornaleiro e não jornalista.

    ResponderExcluir
  4. mano, o Kaká foi coerente, decente e crente, coisa em falta nesses dias tenebrosos, infelizmente.

    ele (Kaká) mandou bem com a boca, melhor do q com os pés, e olhe q não fez feio no campo, mas, com as palavras, agiu como homem, e homem de Deus, ressalte-se.

    e sim, o Juca já falou abobrinhas, cobras, lagartos e escorpiões sobre o Kaká, e parecia mais birra de revoltado e despeitado do q crítica de jornalista sério.

    ele (Juca) pode ter seus méritos, pode ser um bom jornalista, mas tava pegando mais no pé do Kaká q os brucutus da C Marfim, e mereceu o chega-pra-lá, bem dado, por sinal.

    agora, é de lascar mesmo: se o cara é mala, feito o Marcelinho Carioca, a imprensa desce o porrete "e ainda se diz atleta de Cristo"! Se age como cristão de verdade, é perseguido por ser exemplo... eles precisam se decidir e parar com essa esquizofrênica dupla personalidade: ou é, ou não é, e, se for, deixa ser, oras!

    Juca, vc pegava no pé do Kaká mesmo, agora, manôu, segura a bronca dele, e engole sem fazer cara-feia, tá...

    =o)

    ResponderExcluir
  5. quem gostou foi o juca que está até agora colhendo os louros de seus 15min de fama.

    ResponderExcluir
  6. KAKÁ É LINDOOOOOOO!

    ResponderExcluir
  7. kkkkkkkkkkkkkk... até tiete anonima(espero que seja ELA) apareceu no blog!

    ResponderExcluir
  8. me preocupo com o kaká...tão novinho e tanta gente (crente ou nao) esperando que ele dê um fora...Sou filha de pastor e sei q muita gente fica só esperando um escorregão meu pra apontar...imagina ele? jovem, lindo(!), famoso, jogador de futebol...misericórdia!
    Tb gostei da resposta dele, foi merecida. Oro pra q Deus dê sabedoria a ele para lidar com essas situações.

    ResponderExcluir
  9. E olha, Ângela, perdão pela intromissão mas não me contenho em dizer que relaxe pois essa preocupação é desnecessária. E dar um vacilo, dizer qualquer coisa "errada" e fora do lugar, simplesmente "faz parte" e é mais que normal, seja jogador famoso ou filho de pastor, pois somos todos FALHOS e passíveis de erros e equívocos.

    O cuidado que se deve ter é pra essa cobrança/pressão não se tornar interna e virar uma neurótica escravidão mentirosa ao engolir a idéia de que se é semi-deus por isso ou aquilo.

    Ora, somos todos filhos do mesmo Pai que conhece todas as nossas falhas mas principalmente a sinceridade nos corações.

    O mais é invenção arrogante.

    Abs...

    R.

    ResponderExcluir
  10. vixi, o confuso se confundiu e colocou só o complemento do meu pitaco rss

    ResponderExcluir
  11. Oi, Regina.

    Comoassim? Estão sumindo comentários? Fui hackeado?

    ResponderExcluir
  12. PoiZÉ...

    É que eu havia comentado primeiro sobre a postura de Kaká, depois foi que me veio a idéia de complementar a partir do comentário da Ângela, mas de repente foi erro aqui meizzz :)

    Mas dá pra perceber que é uma espécie de continuação, né?

    Então...

    Eu não sou tiete de Kaká nem de ninguém rss nem entendo nadica de jogo nem simpatizo com a "igreja" dele, por isso não sou suspeita pra falar que admiro sua atitude diante desse povim que só quer encher o saco, achando que vai constranger.

    Eu tenho um filho baixista que tocava em banda de blues e jazz bem conhecida aqui e toda vez que o "dono" da banda ia apresentar, dizia com ele: "fulano é evangélico" (Se ele soubesse como ele odeia esses rótulos... vai ver é pq sabe :P)

    E é pq ele o admira, reconhece seu talento e sempre o convida p/ tocar quando vem músico de fora. Imagine se não admirasse :P

    Mas aí por que ele não sai dizendo que o da guitarra é muçulmano, o dos teclados é ateu, os vocais são respectivamente, espírita, umbandista e kardecista? E que ele, da batera, é católico, apostólico, romano? Não é nada disso, tô só exemplificando. Ou é? rss

    Ô coisa mais tola! Um bando de véi barbado, grisalho e "buxudo" rss cá pra nós, abafa rss Ninguém leu mermo, né? ih ih

    Enfim...

    Kaká falou pouco mas disse tudo. Com serenidade e autoridade. Quem sabe agora esse K.ara vai pensar duas vezes quando se referir às crenças dele ou de qualquer outro.

    No comentário anterior, com certeza o conteúdo era beeem menor, mas valeu! E desculpaí por me estender mas fico indignada com essas meninices.

    Abs...

    R.

    ResponderExcluir
  13. "O que KAKA fez foi muito bom,por que tem muitas pessoas que tem oportunidades de falar de jesus cristo e num fala e ele teve essa oportunidade e falou, so isso ele mrostrou quem ele é realmente, crer em jesus cristo e pronto.
    crer em jesus cristo e sera salva você e sua casa.

    ResponderExcluir
  14. O tempo! dê tempo ao tempo!
    Quem é o crente e quem é o ateu?
    Quem fala a verdade é?
    Quem mente é?
    Existe omissão e comissão!
    "não dê motivos para falarem mal de Deus"

    ResponderExcluir