1 de agosto de 2010

Coringa irlandês bota fogo em escola


O Coringa é, sem sombra de dúvida, o campeão dos vilões. Suas diferentes encarnações, seja mega planejador ou simplesmente caótico fizeram dele o vilão mais temido de todos, mesmo sendo simplesmente um maluco.

E pelo jeito a mídia anti-games e anti-filmes de ação acabou de ganhar mais munição. Depois do Darth Vader assaltando um banco dias atrás, é a vez do Coringa, do Joker, do Bobo, do Palhaço fazer seus crimes. O irlandês de 19 anos Christopher Clancy ateou fogo na sua escola em Clodankin na Irlanda, causando mais de um milhão de euros em danos.

Christopher Clancy
Quando os policiais chegaram, eles avistaram “um homem num terno roxo, de cabelo verde, cara branca e boca vermelha, que nem o Coringa”. O motivo? Segundo o garoto, ele acreditava que a escola era dirigida por hipócritas e que destratavam ele e seus amigos. Mesmo depois de ter sido pego e admitido a culpa, ele disse:
“Tenho orgulho do que fiz porque as pessoas perceberão que não podem tratar estudantes como gente pior que eles.”
Clancy comprou mais de 100 litros de petróleo gasolina (“Petrol” é gíria britânica para gasolina). O fogo foi controlado e os danos foram muito abaixo dos esperados. E mesmo pego em flagrante, ele nem mesmo tentou fugir.

Via Jovem Nerd

Nenhum comentário:

Postar um comentário