18 de setembro de 2010

100.000 - é muita coisa...

As páginas vistas deste blog poderiam encher um grande estádio

por Zé Luís

Estou lendo “100 anos de solidão” de Gabriel Garcia Marquez. Na edição que me foi cedida – não sei se as outras são assim – além de estar transcrito antes do prefácio o discurso feito pelo escritor ao receber o Nobel de literatura em 1982, existe uma breve biografia dele e a forma com que a história, tão premiada, foi concebida.

Quando enfim conseguiu finalizar a obra, teve que empenhar o secador da mulher, pois no processo de criação, ficara individado a ponto de não ter dinheiro nem para enviar a obra pelo correio.

Quando recebeu o cheque do editor pelo livro – que pagava um ano de aluguel – ele ficou assustado. Ele notificou a Gabriel que a primeira tiragem de 10.000 livros já estava em vias de chegar às livraria:
-Dos meus livros lançados até hoje, o que mais vendeu não chegou a 8.000... não vai encalhar?
-Não se preocupe, acho que até dezembro (três meses) já teremos vendido 8.000 exemplares.

Em 15 dias, já havia sido esgotada toda a primeira edição, o mesmo acontecendo com a 2ª , o México pediu 20 mil... Na entrega do Nobel, aproximados vinte anos depois, a história já havia sido lida por 2,5 milhões de pessoas no planeta.

Essa semana, o Cristão Confuso – nome que sempre considerei uma infeliz escolha – completou um ano de atividades.

Criei o blog para parar de escrever em cadernos velhos, ou qualquer pedaço de papel que achava, e perdia, sistematicamente. Cada faxina que se fazia, lá iam minhas anotações para o lixo.

Na época, ainda viajava pelo país regularmente, o que fez minha atividade na igreja como professor de E.B.D. ser abandonada. O que fazer com todas as ideias surgidas para edificação daqueles moços? Gostei de ver a primeira geração deles desistir de sub-empregos e usar a Palavra como Norte da bússola.

Um ano depois, o blog passa da marca de 100.000 visualizações, marca jamais imaginada por mim. Também nem em minhas fantasias mais absurdas sonhei que seria lido por pessoas tão preciosas como as que comentam aqui.

Seria injusto não dizer que consegui parcerias que me impulsionaram a essa marca: o Danilo, do Genizahvirtual apostou alto em mim – só eu sei, e ele mais ainda – dando oportunidade de ter minhas ideias divulgadas lá, sem pedir nada em troca. O Eder, do Recortes e toda sua turma de blogueiros malucos, um assíduo comentarista, assim como a Adriana, uma pastora-psicóloga-escritora-mãe, que nem sabe o quanto alguns de seus comentários me consolou em tempos mais difíceis. O Gildo, na qual tem sua liderança ministerial mais que aprovada (eu bem sei) faz questão de passar por aqui, o Claúdio, Robo Gigante, fundador dos comentários por aqui... Como esquecer da Regina? Assim como muitos aqui, é capaz de fazer um comentário a ponto de deixar o post infantil.

Blogueiros como PCAmaral, Pastor Márcio, Wallysou, Leilahh, Dr. Hélio, Amana, Dianne, Elidia Rosa, , João, Luciano, O Pastor... Certamente cometerei aqui injustiças, deixando de citar gente muito importante(se esqueci de alguém, poste seu comentário reclamando deste ingrato editor).

Os twitteiros que tanto me ensinam, (atualmente tenho a fantástica marca de mais de 500 seguidores, para mim, um marco!) e cometerei a injustiça de não cita-los, para não injustiçar outros. Mas sempre os faço lá mesmo, no universo dos 140 caracteres.

Até os cunhados -pasmem! Um deles, ateu atoa, sempre comenta sobre a preciosidade de meus escritos (para você ver como certas drogas na adolescência podem deixar sequelas. Moço tão inteligente, dado a ler essas porcarias...)

Realmente, em 2011, não sei a quantas estarei com este espaço. Não sei se o Mestre continuará me dando ânimo para compartilhar minhas coisas com gente de todo credo, raça e nação. Posso dizer: se não escrevesse nunca mais, teria alcançado – não só em quantidade, mas muito em qualidade dos que me acompanham – além do que poderia pensar.

Gratidão? Ainda é pouco.

Obrigado amigos, a culpa é de vocês.

16 comentários:

  1. Assim você vai me fazer chorar Zé, vamos combinar assim: cada um assume a sua culpa, é mais bonito. O que seria da blogosfera cristã sem sua sensibilidade, seu bom humor, sua visão de menino (menino na malícia, adulto no entendimento) quanto as coisas do Reino. Sem demagogias, sabes que considero este um dos melhores blogs que conheço. Você merece muito mais, e que os seus rabiscos possam em breve ser eternizados num livro, pra gente ter parte de você sempre por perto.

    Parabéns, amigão!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo aniversário de um ano do blog! Tomei conhecimento de seu trabalho há poucos meses, através do blog do Danilo (Genizahvirtual), e me tornei frequentador assíduo e leitor diário de todas as postagens (algumas excelentes, outras pura gozação mesmo, mas todas edificantes)
    Sucesso, ZéLuiz! Que Deus continue te usando como um farol, que insiste em jogar sua luz (a dEle)sobre toda a blogosfera!
    Graça e PAZ
    Dálton

    ResponderExcluir
  3. sem modestia vai,você è muito bom!parabèns e não pare.

    ResponderExcluir
  4. Zé, amado, apz.

    é, para mim, uma honra inenarrável ser citado por vc em seu blog, um dos melhores da net, em minha opinião (a opinião é minha, faço dela o que quiser, e não adianta espernear, eu gosto do CC e acabou!)

    depois de várias de suas dicas, meu humilde blog conseguiu ultrapassar a marca diária de 11 visitas/dia (nem posso dizer quantas dessas eram minhas mesmas... risos).

    parabéns, e que o Senhor continue te abençoando ricamente, em Cristo.

    e, por favor, continue escrevendo suas bobagens... a quem eu iria apontar se viessem questionar o que escrevo?

    =o)

    aquele abço arrochado, de fazer os zói ficá chei de vêia!

    [ ]s

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela incrível marca dos 100.000 acessos. Com sua criatividade não é de se admirar ter alcançado esta marca.

    Parabéns mais uma vez!

    ResponderExcluir
  6. Apesar de ser confuso, aprendemos a amá-lo...É mandamento de Jesus, né? não tem jeito de pular fora rsrsrsr Brincadeira...

    Parabéns pelo seu trabalho...precisamos de mais cristãos confusos influenciando para o bem!

    Abraço!!!

    ResponderExcluir
  7. Olá querido irmão! A paz do Senhor!

    Glórias a Deus pela marca alcançada! Parabéns!

    A nossa oração é de que Deus continue te iluminando cada vez mais, te abençoando com inteligência e sabedoria, e muito bom humor, na publicação de seus textos.

    E que em 2011 a "unção seja dobrada" [dura coisa né? risos]

    Fica com Deus! Um grande abraço e muito obrigado por citar o PC@maral [fiquei até emocionado] Valeu! kkkk

    ResponderExcluir
  8. André e Michelle! Blogueiros de mão cheia.

    Falei que cometeria injustiças!!!

    Mil perdões, por favor!!

    Valeu pela visita.

    ResponderExcluir
  9. Valeu Gilton, Wallace, Dalton.

    Vcs escrevem bem, mas como bem já conversei com o Wally, sabemos que não é suficiente.

    Valeu muito. Se tiver algo que eu possa ajudar...

    Um abraço

    ResponderExcluir
  10. Parabéns, Coronel Zé Luís Buendia!

    A referência ao "Cem Anos de Solidão" do García Márquez é mais do que feliz. É o segundo melhor livro que li na vida (o primeiro é "A Montanha Mágica" do Thomas Mann, pedante mas indispensável).

    Pra mim, todo bom livro começa com uma excelente primeira frase. A melhor primeira frase de livro que li na minha vida também é de García Márquez, em "Crônica de Uma Morte Anunciada": "No dia em que iam matá-lo, Santiago Nasar levantou-se às 5:30 da manhã para esperar o barco em que chegava o bispo" (ainda não era o Edir). "Cem Anos de Solidão" também começa com maestria: "Muitos anos depois, defronte ao pelotão de fuzilamento, o coronel Aureliano Buendía teria lembrado daquela remota tarde em que seu pai o levara para conhecer o gelo".

    Faço toda esta lambança pra dizer que o teu blog começou também com uma frase simples e feliz: "Não pretendo fazer deste espaço meu recanto de credenciais". De fato, não precisaste fazer do teu blog um recanto de credenciais, porque pelo que escreves tivemos o prazer de conhecer-te e saber o grande ser humano que tu és.Que assim Deus te conserve!

    No pelotão de fuzilamento diário que os blogueiros enfrentam, mano Zé, saíste ileso e melhor do que entraste.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Vc traz a leveza para o ambiente da blogosfera cristã que já está saturada (no bom sentido) de críticas e teorizações...Mostra o lado humano e simples da pessoa ora denominada cristã. Não deixa de ser um indivíduo pensante com questionamentos, dúvidas, ironias so porque escolheu a melhor parte. Apoio a idéia dos demais "colegas" de transformar seu blog em livro, uma coletânea de coisas séria e leves, para rir e chorar, e bora escrever!

    ResponderExcluir
  12. PoiZÉ...

    Veja só você!

    Hoje amanheci colocando em dia algumas leituras e até agora não consegui sair daqui rss deixando O Confuso pra depois, porque é muita informação em um só dia rss quanto mais depois de quase uma semana fora, qdo estive super envolvida em festividades familiares, sem direito (tempo) a nenhuma acessadazinha rss

    E foi então que fuçando os textos antes de comentar, cheguei neste aqui. Ai que fofo! Valeu por me citar:)

    Ah, eu tenho a coleção (quase completa do GGM) amo aquela literatura fantástica doida dele, viajo na maionese, mas exatamente o tal do Cem Anos, meu ex-marido fez o favor de dar sumiço, pediu emprestado e nunca me devolveu. Só não vou enquadrá-lo na lei porque foi ele mesmo quem me presenteou. Laiizzz, diga-se de passagem , as grandes obras, grandes clássicos, grandes coleções com suas encadernações chiques he he foram presentes dele. Menos mal, ponto pra ele, pois sempre se ouvia a piada de que pra mulé se dá eletrodoméstico de presente e para a amante, jóias. Bem, pelo menos, eu nunca era presenteada com eletrodomésticos rsss

    Mais uma vez, parabéns pelo seu blog! De minha parte, assumo toda a culpa. Sem medo de ser feliz.

    Abs,

    R.

    Ah, e parabéns pelo prêmio muito justo!!! Pra ser sincera, nessa categoria, não vi nenhum outro à altura.

    ResponderExcluir
  13. Parabéns, Zé, pela excelente marca de qualidade que impingiu no ótimo Cristão Confuso, um dos melhores blogs de humor cristão inteligente e sadio.
    Olhando na blogosfera, quanta coisa inútil a gente vê mas o Cristão Confuso dá mostras de grande vida inteligente na Net, indo desde denúncias (até bem humoradas) de coisas que acontecem nas igrejas e até no mundo secular.

    Parabéns e continue assim, Zé. Que sejam sempre vara de medida para que outros blogs cristãos possam se espelhar e seguir com a qualidade. Que estes sejam os primeiros de centenas de milhares de visitas.

    Emerson, do Sentir com a Igreja (www.sentircomaigreja.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  14. Poxa Zé Luis! Eu fico uns dias sem acessar a internet e quando volto encontro um cristão cada vez menos confuso!
    Cara, a minha diversão é tanta vindo aqui, que dei até um tempinho com o meu "reflexões"!
    Fico feliz demais por poder de alguma maneira contribuir com você, amigo!
    Entendo que "Cristão Confuso" não foi uma escolha ruim, mas uma escolha acertada. Além de produzir um efeito atrativo no leitor, leva o internauta a se identificar com sua realidade na vida cristã.
    Enfim, continue! Firme e forte! Não tenha receio (como se tivesse algum...rs) de postar o que pensa, pois confusões cristãs sempre haverão em nosso meio..

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  15. Parabens

    Me sinto honrado em poder frequentar seu blog e dar boas gargalhadas, outras vezes quase chorar, mas enfim, sendo edificado com os diversos tipos de abordagens utilizadas por ti.

    Espero cooperar com minhas visitas para que tu chegues a 200 mil em 6 meses.

    Fraternal abraço

    ResponderExcluir
  16. Parabéns, Zé!
    Adoro o Cristão Confuso. Vc diverte, informa e faz pensar.
    Que Deus o abençoe sempre!

    ResponderExcluir