28 de maio de 2011

Lua tem 100 vezes mais água que o esperado


Partes do interior da lua contém tanta água quanto o manto da Terra – o que significa que nosso satélite possui 100 vezes mais do líquido do que se acreditava.

Esta foi a conclusão de um estudo realizado por pesquisadores das universidades americanas de Case Western Reserve, Brown e do Instituto Carnegie de Ciências.
A descoberta, publicada hoje na Science Express, indica que o interior da lua é similar ao da Terra em termos de abundância do líquido.

Os pesquisadores descobriram água e elementos voláteis em amostras do magma lunar presas dentro de pequenos cristais trazidos à Terra pela missão Apollo 17.  A concentração desses elementos é quase idêntica à do magma solidificado em oceanos primitivos terrestres.

As sete amostras foram expelidas do solo lunar durante erupções vulcânicas primitivas. Normalmente, a maior parte do material volátil do magma escapa durante esses eventos, porém os pequenos cristais protegeram o material e permitiram aos pesquisadores estimar o que existia no interior da lua.

A descoberta reforça a tese de que a Terra e Lua têm uma origem comum, no entanto é preciso rever algumas partes da teoria. Hoje, acredita-se que a Lua teria surgido de material ejetado após um grande impacto no nosso planeta, e que a água e os compostos voláteis nela se perderam com a violência do impacto. Isso explicaria porque ela é mais seca do que a Terra, apesar de composta do “mesmo material”. Mas se nosso satélite natural realmente possuir tanta água quanto a recente pesquisa parece indicar, é preciso elaborar uma nova tese para seu surgimento.  

Fonte: Info

Nenhum comentário:

Postar um comentário