10 de agosto de 2011

Rodolfo Abrantes - uma conversão

A banda estava em seu momento de glória, o dinheiro entrava e a fama e o sucesso os levavam para shows cada vez mais lucrativos. De repente, a bomba: o cantor e autor de boa parte das letras anuncia sua saída. 

O mais chocante: a religião, na qual Rodolfo Abrantes se converteu, é o real motivo para tal abandono. Não, ele não tinha interesse em ganhar dinheiro vendendo CDs para crentes, ele abriu mão de um público muito mais lucrativo, sem se preocupar com isso. 

Segundo declaração do próprio Rodolfo, libertar-se das drogas que consumia descontroladamente passou a ser sua prioridade, na busca de ser o homem que um dia ele foi. Para isso, abrir mão de banda de sucesso não foi problema, e abraçar a Cristo, independente do prejuízo, vergonha alguma. 

Um testemunho feito de ações. Exemplo. 

Isso aconteceu há 10 anos.

Um comentário:

  1. Lembro dessa fase, eu ainda andava longe dos caminhos de Cristo e gostava muito da banda. Para quem acompanhava os Raimundos, foi algo praticamente do nada e deixou muita gente chateada. Alguns anos depois, quando eu já estava na Igreja, procurei saber mais a respeito da conversão dele, ouvi seu testemunho e percebi o quanto Deus já tinha trabalhado na vida deste que foi com certeza o líder da maior banda de rock nacional dos anos 90.
    Para quem gosta de música de qualidade, vale a pena procurar mais a respeito do trabalho de Rodolfo Abrantes como músico cristão. Digo músico cristão e não músico gospel porque, quem ouvir suas músicas vai entender que elas passam longe de muita coisa que ouvimos no "mundinho gospel". Músicas de adoração que exaltam e glorificam a Jesus Cristo, sem toda aquela maquiagem marketeira para ganhar dinheiro, passa longe dos profetas da prosperidade...
    Para mim, é um lindo exemplo de uma verdadeira conversão, vale a pena a todos se informarem melhor sobre sua história, muito edificante....

    Deus abençoe.

    ResponderExcluir