13 de outubro de 2011

O Museu dos relacionamentos desfeitos

  Nada melhor, quando você estiver de bobeira em Zagreb, Croácia, do que uma visita ao Museum of broken relashionships . O Museu já ganhou vários prêmios e o acervo, constituído de objetos que, de alguma maneira, retratam uma relação falida, continua crescendo.


 A ideia é reunir objetos doados voluntariamente por pessoas ao redor do mundo no processo de luto por uma relação desfeita, que é o mesmo em qualquer lugar do planeta, e que auxilia em ter que lidar com isso, que é inerente à condição humana.



Também dá para se perder nas histórias deste objetos cotidianos que são re-significados, numa espécie de ready made emocional. Cada objeto é acompanhado do texto descritivo escrito por quem o enviou. E o teor ou tom do texto depende do estágio do luto em que se encontra o autor da obra.



O Machadinho acima, por exemplo foi o objeto mandado por uma garota que resolveu finalmente abrir a casa para morar com a namorada e em seguida viajou por três semanas. Quando voltou a namorada tinha se apaixonado perdidamente por outra, foi viajar com ela e largou toda a mobília. Já entendeu para que a machadinha foi usada, né?

O Cavalinho é a lembrança querida de um casal (ex) apaixonado em Veneza e por aí vai.



O Museu nasceu de uma exposição itinerante e apesar de agora possuir uma sede, ainda está sempre com uma expo na estrada. 
 
E aí?

Tem uma cueca velha amarrada na boca do sapo guardada no fundo do armário? Aproveita!
 
Visto nas Minas de Ouro

Nenhum comentário:

Postar um comentário