8 de janeiro de 2012

Um dia de natal a ser lembrado


Noite feliz, noite de luz. Um casal passa sua noite a sós, longe das ceias e celebrações típicas da data. E em um leito de hospital. O nome dele é Mauro Henrique e sua esposa, Jaky, que foi internada com falta de ar e fortes dores no pulmão, devido a um câncer.

Nesses casos, muitos estariam aos prantos, olhando com punhos cerrados para o céu e perguntando se Deus tem algo pessoal contra eles. No caso desse casal, acharam por bem louvar a Deus, agradecer pela vida, e pelas pessoas que oravam por sua vida.

Alguns podem achar isso uma loucura de crente. Eu não fui uma excessão, e quando conheci a vida dos pastores da primeira igreja que conheci e deparei-me com loucos cheios de amor por Deus.

O pastor auxiliar, na época, era um moço novo, que tinha ficado viúvo com vinte, herdando uma menina de colo. Olhava desconfiado para aquele homem que falava de agradecer a Deus com todas as suas forças. Um dos quatro filhos do pastor principal também havia morrido em um acidente de moto, havia pouco tempo, e a atitude dos pais era a mesma: pregar o amor de Deus.

Não demorou muito, e o telefone tocou na madrugada, dando a trágica noticia: outro filho do pastor morrera, aos trinta, numa crise de asma. Este lecionava em uma faculdade e não poucos alunos vieram prestar homenagens, e pude constatar, com meus próprios olhos, a família inteira se unir, e falar de Jesus diante do corpo velado no meio da igreja. Cantavam entre lágrimas as grandezas do Senhor.

Entendi o absurdo de amar a Deus antes de qualquer coisa, e vi que isso está acima da compreensão humana.

Isso na verdade foi o ponto máximo para me mostrar o que Deus é capaz de fazer nos corações, e toda aquela dor me fez conhecer esse Deus que é capaz de nos manter em pé diante de tamanha perda.


2 comentários:

  1. Mauro Henrique é o atual vocalista do Oficina G3. Ele e sua esposa estão passando por esse processa da doença dela a mais de um ano....
    Deus abençoe a vida deste casal e continue dando Graça e força nesta difícil luta!

    ResponderExcluir