16 de fevereiro de 2012

Dos 181 países participantes da ONU, o Brasil é o único que paga salários aos seus vereadores



E aí? Você acha que essa turma presente hoje nesses cargos se empenharia tanto nas campanhas, caso a coisa no país fosse mais séria? A proposta da emenda abaixo tiraria muito candidato do páreo. Eu sei, utopia... mas...

Lei de Reforma do Congresso de 2011 (emenda da Constituição do Brasil)

1. O congressista será assalariado somente durante o mandato. E não terá aposentadoria proveniente somente pelo mandato.

2. O Congresso contribui para o INSS. Todo a contribuição (passada, presente e futura) para o fundo atual de aposentadoria do Congresso passará para o regime do INSS imediatamente. O Congresso participa dos benefícios dentro do regime do INSS exatamente como todos outros brasileiros. O fundo de aposentadoria não pode ser usado para qualquer outra finalidade.

3. Congresso deve pagar seu plano de aposentadoria, assim como todos os brasileiros.

4. Congresso deixa de votar seu próprio aumento de salário.

5. Congresso perde seu seguro atual de saúde e participa do mesmo sistema de saúde do povo brasileiro.

6. Congresso deve igualmente cumprir todas as leis que impõem ao povo brasileiro.

7. Servir no Congresso é uma honra, não uma carreira. Parlamentares devem servir os seus termos (não mais de 2), depois ir para casa e procurar emprego. Ex-congressista não pode ser um lobista.

Sinta-se a vontade para divulgar. Eu me senti quando recebi o e-mail do professor Kleber Marques.

Siga @cristaoconfuso pelo Twitter

3 comentários:

  1. Não achei um e-mail para responder apenas à você. Sendo assim, segue como comentário mesmo. Recebi seu post como um e-mail encaminhado de uma lista que assino.
    Se puder me responder agradeço.

    Olá Srs.,

    Acho a proposta muito válida, porém me pergunto: O que fazer para colocá-la em prática?
    A inércia em que nos encontramos é absurda. Não nos mobilizamos para nada. Vemos e sabemos os nossos problemas e não tomamos nenhuma atitude ou ação corretiva para resolvê-los.
    É uma notícia séria? Este projeto de lei é de que parlamentar? Como fazê-la ser cumprida? Onde assinar para apoiar?
    Sou contra enviar notícias pela metade, sem créditos, só para vermos, pensarmos "que absurdo" e continuarmos na mesma.

    Enfim, desabafo talvez à toa.

    Att.,
    Deborah Vasconcelos
    debvasc@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. ONDE ESTÁ A FONTE DESSA INFORMAÇÃO ?
    Andam espalhando essa corrente e sem fonte para mim ela é TOTALMENTE DESINFORMATIVA.

    ResponderExcluir
  3. Oi.

    O DEMOEX, o divulgador dessa informação pode te informar. Eles tem bastante material na net, além de página no facebook,

    ResponderExcluir