28 de fevereiro de 2012

Igrejas abandonadas: O que fazer com a casa de Deus?


Não é novidade que existe um processo de "ateização" nos países europeus, causando debandada nas igrejas, a ponto destes imóveis ficarem totalmente abandonados. Muitos desses templos são adquiridos por pessoas comuns, e com criatividade, transformam a "casa de Deus" em locais com as mais diversas atividades: pista de skate, bares, bookstores, e claro, residências.








Tradução: Sala de Pensamento Livre

Visto no Ziza

3 comentários:

  1. PoiZÉ,

    'Não habita o Altíssimo em casas feitas por mãos humanas...'

    Só que isso é difícil para o religioso de carteirinha engolir. Pior: ele se escandaliza!

    Mas Deus insiste e afirma perguntando em seguida:

    O céu é o meu trono, e a terra, o estrado dos meus pés; Que casa me edificareis?! (Atos 7: 48 a 51)

    Sei que você sabe disso, mas permita-me aproveitar a chance pra dizer que ainda antes de Jesus 'derrubar' os templos com a Sua Aliança Perfeita, O Senhor sempre falava por meio dos profetas que a dimensão da fé é o que importa; e que Ele ouve os sinceros e com o coração contrito e humilde. Simples assim.(Isaías 66:1 a 4)

    Ou seja: sem a atitude interior apropriada, a ida ao templo, o sacrifício e o cumprimento de outros rituais de nada valiam. Por meio do profeta Jeremias, o Senhor deixa isso muito claro também. (Jeremias, capítulo 7) Isso continua valendo para os dias de hoje, e, mais ainda, depois que Deus estabelece cada um de nós como um sacerdote com livre acesso a Ele, por meio da Nova Aliança.

    No final das contas - ainda que seja em lugares (culturas) onde impera o ateísmo - é muito mais saudável e proveitoso encontros assim despretensiosos e aparentemente casuais entre amigos nesses lugares considerados 'sagrados', do que aquela neurose coletiva da adoração a um deus muitas vezes distante e totalmente desconhecido, como acontece ironicamente no próprio meio crental nos dias atuais.

    Inclusive, diga-se de passagem o quanto é intrigante a angústia de alguns religiosos ao dizerem 'eu preciso muito ir à igreja hoje' como se Deus estivesse lá. Ora, Deus está no nosso coração seja aonde for que se vá. Pra mim a essência da conversão reside nessa lucidez. Chame esses espaços do que quiser, de casa de oração, de templo, de igreja, reúna-se lá para orar, adorar a Deus, etc. só não queira ter a pretensão de lá aprisionar Deus.

    Enfim, pelo menos esses belíssimos espaços arquitetônicos das fotos têm alguma utilidade he he

    Bendita criatividade! Bendita versatilidade. :)

    Abs

    R.

    ResponderExcluir
  2. O comentário valeu o post, Rê

    Obrigado!

    ResponderExcluir
  3. isso tudo é por culpa dos lideres que não motivaram os fieis

    ResponderExcluir