10 de setembro de 2012

Como as pessoas nos imaginavam em meados de 1900?

"Como será o amanhã? Responda quem puder..." já cantava Simone.

Cresci vendo muitos filmes, séries e desenhos prevendo como seria o futuro. Assistia os Jetsons, com sua empregada robô, casas e carros flutuantes, assim como vemos na série "De volta para o futuro". Alguns previram terríveis finais apocalípticos como "O exteminador do futuro".
Quantos tentaram perver como seriam os dias que nós desfrutamos agora? 

Um grupo de desenhistas tentou retratar em 1899 como seriam nossos dias. Baseavam-se nas possibilidades daqueles tempos, onde a mecânica era um dos únicos recursos avançados conhecidos. 

Como li no Gizmodo, onde vi essa matéria, a visão "era limitada pela realidade do então presente. As pessoas em 1899 não sabiam que telas sensíveis a toques e tablets existiriam, elas só conseguiam pensar em versões automatizadas e mais complicadas das coisas que já tinham e usavam. Mas elas não estavam totalmente erradas; coisas como um aspirador de pó inteligente e uma banheira sensacional viraram realidade.

Os desenhos foram feitos por Jean-Marc Côté e outros artistas na França em 1899, 1900, 1901 e 1910. A primeira série dessas imagens foi produzida para a Exposição Mundial, em Paris, no ano de 1900. [Public Domain Review via Explore]












Dica preciosa do Eder Castro. Tá lá, menino Android.