26 de setembro de 2012

Entre você e Deus

por Samuel Neves


Nesses últimos anos ando buscando conhecimentos fora da “caixa”, mas claro, dentro dos limites de Deus, busco por conhecimentos que não encontro na igreja, e nem em meus amigos e familiares, indo mais fundo no saber de Deus, na curiosidade por Ele e Dele. E te digo, hoje como nunca, sinto sua presença mais forte e mais perto de mim. Leio os meus textos de hoje e os comparo com textos que escrevi à 5 anos e vejo o quanto minha fé e meu conhecimento eram rasos, o quanto estavam presos e dependiam de um intermediário (pastor, líder, pai, mãe, amigos) para que se tornassem verdadeiros e tivessem sentido para mim e válidos para Deus.

Aprendi que o único ungido de Deus é Cristo, que o acesso direto a Ele não é feito por intermédio de um líder, um pastor ou santos. Quando nos portamos diretamente a Deus sem um mediador, sem um porta-voz, descobrimos que o contato é mais forte e mais puro, sem eles o contato não recebe influência de um ser pecador como nós. Esse acesso é feito por joelhos no chão, uma busca de entendimento, um “devorar” da Bíblia e um conversar diário, diretamente e constantemente com Deus.

O papel de um pastor ou líder religioso perante a sociedade, deve ser de amor, doação, compreensão e zelo, e não somente de exortação, ditadura e repreensão. Eles podem sim e devem segurar em nossas mãos, nos dar concelhos, enxugar lágrimas, dar o pão. Mas o passo é nosso, a voz é nossa, o véu foi rasgado individualmente, o acesso a Deus por meio de Cristo é individual e intrasferível. Tenha apreço por seus pastores e líderes, eles foram "escolhidos" por Deus, respeite isso, mas não abra mão de um contato direto com Deus, de ser íntimo Dele. Seja aquele pela qual Deus irá usar e não ache que será você quem usará a Deus.

Perdemos muito quando deixamos de experimentar o ouvir e o toque de Deus para experimentar o ouvir e o toque dos homens, seja ele pastor, líder ou um familiar. Muitos acham que são menores que os pastores e os líderes, acham que eles são algum tipo de ser superior aqui na terra, que devemos tê-los para termos a Jesus, e com isso limitam o seu acesso a Deus, fixando Deus à igreja e as pregações, acham que somente ali Deus se manifesta, que é somente por meio de pregações que Deus fala, que somente pelas mãos dos pastores que Deus toca, que somente por suas bocas que Deus fala. Não, não é! O véu foi rasgado!

Deus nos quer conectados diretamente a Ele por meio de Cristo e somente por Cristo, Ele nos quer por inteiros, com nossas mentes sadias e desprendidas de qualquer opressão, seja maligna, seja humana.

Acredite num Deus acessível, num Deus de colo e de abraços, que não mede esforços para estar ao seu lado.

Tente colocar-se perante Deus como um aprendiz Dele, e perante ao próximo como um doador desse aprendizado!

O Samuel escreve e as vezes me manda textos bacanas. Resolvi divulgar um deles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário