30 de maio de 2013

Escrever...

por Zé Luís


- Você gosta de escrever?
- Sim...
- Por que não aprende?
- Piada antiga essa... você sempre diz isso quando acaba de ler meus textos.
- É sério!
Breve pausa.
- Por que parou de escrever?
- O tipo de público que me lê não precisa saber o que eu transmito. É gente que tem muito mais a ensinar do que a aprender comigo...
- Não te entendo... sério... se ao menos bebesse, ou tivesse tido algum tipo de aneurisma... justificaria um pouco desse raciocínio estranho. Seus leitores são pessoas inteligentes. Talvez se explique por que sejam tão poucos...
- Primeiro eu não sei escrever. Agora, me diz que os parcos leitores que possuo são pessoas inteligentes que praticam a burrice de me acompanhar. Pode ser... isso soa confuso. A proposta prima desse site...
Outra pausa.
- Você não entendeu... essas pessoas inteligentes que te leem. Por que elas não precisam?
- Meu desespero não é ver o sábio continuar sábio. A tragédia humana é ver um imbecil morrer afogado em sua imbecilidade, sem conseguir ver que existem milhares de cordas de salvação a sua volta que poderiam proporcionar histórias menos indigentes... Cria que eles não precisavam morrer idiotas.
- E agora, tantos anos depois dessa batalha digna de Dom Quixote: qual a conclusão?
- Você deve ter percebido... o sujo continua se sujando, e o limpo assim permanece. Nada de novo debaixo do sol...
- Aquele seu plano de fazer diferença não deu certo, correto?
- Não... até agora, não...que eu saiba. Mas estou mais consciente que no meio cristão as coisas não andam bem. Andam da mesma forma que sempre foram pelos séculos posteriores à crucificação...
- Como você é trágico! Não temos Nero jogando cristãos na arena para os leões!
- Trágico? Não pode ser menos que isso. Continuamos com gente posando de santo e cobrando pedágio para pessoas conhecerem a Deus, mas nunca são apresentados, já que Deus não se vende. Isso sempre foi assim.
 - Mas os sites apologéticos? Aquele pessoal que divulga a Palavra?
  - Muitos desses sites visam arrebanhar mais gente maluca, que tem lá sua linha teológica, e por essa "linha" lutam, debatem, insultam, desdenham, agridem... a maioria deles tem interesses que estão bem aquém do centro do Cristianismo. Sempre tem alguém querendo fundar um clube novo, ser percursor de uma forma de entendimento de Cristo - que eles chamam de denominação, onde ele - claro -  estará a frente dessa coisa que defende, na esperança de se projetar, ou defender algum desses que se projetam de forma inconveniente... claro: acaba por virar um ganha pão.
- Eram esses malucos, que se dizem seguidores de Cristo, mas são neuróticos religiosos que só fizeram piorar ao ingressar nos apriscos sem Pastor que você gostaria de ajudar?
- Eram... queria os fazer pensar, ver. Abandonar as besteiras ensinadas nessas pocilgas e fabricas de dementes que alguns chamam de igreja e mostrar o tamanho do Deus que eles deixam de adorar...
- O que conseguiu com isso?
- Um imenso desânimo... uma sensação de Elias quando chegou diante de Deus, após o confronto com Jezabel seguido de sua fuga, e diz: só sobrou eu... claro...Ele tem miríades guardados... mas como disse, você tem razão: parece que vim de La Mancha. Essa mania besta de lutar contra moinhos de vento...
- Mas afinal: vai continuar escrevendo ou não?
- Você já deve ter ouvido falar de pessoas que começam a escrever e aquilo parece ter tomado vida própria?
- Você não consegue responder uma pergunta de uma forma mais booleana?
- Já ouviu falar ou não?
- Sim Eu mesmo já experimentei escrever uma trama e ver ela tomar um rumo que eu mesmo não imaginei até o momento de colocá-la no papel...
-Então... simplesmente, essa força que emanava em mim também se recusa a se pronunciar nesse momento...
- Isso é um não?
- Isso não depende de mim responder. A tal "força" parece que tinha seus propósitos quando veio a mim... mas esse propósito perdeu o sentido faz algum tempo...
-Sim, Luke...
-Luke?
- Luke Skywalker... o Jedi de Guerra nas Estrelas... ele que tinha essas coisas de "força"...
- Você é um palhaço...
- Liga pra mim quando escrever algo...
- Pode demorar pra eu te ligar...
- Eu sei... melhor ainda...
- Talvez escreva algo sobre esse papo.
- Só mostrará que o Cristão Confuso está sem assunto. Não faça isso!
- Você não manda na minha vida...
- Palhaço...

Um comentário: