5 de dezembro de 2014

Audiência na sala do Trono (um roteiro rejeitado)

Audiencia com Deus - roteiro reprovado
Cena do filme "O Todo Poderoso" - Onde Morgan Freeman faz o papel de Deus 
O roteiro a seguir foi reprovado por diversos diretores e youtubers evangélicos. Sei lá o porquê. Também não entendi...rs

Audiência no Altíssimo 

(Um roteiro reprovado)

Rapaz entra de branco numa sala muito iluminada, onde paredes e moveis, também são todos brancos. Ele é um anjo e parece mal humorado. Tem em suas mãos um tablet.

Deus em sua mesa pastoral não é visto de frente, mas parcialmente, com a câmera posta em suas costas. Ordena que ele se aproxime:

Anjo – Senhor, Transcrevemos mais algumas daquelas ligações aqui para o céu...

Deus – Leia para mim, meu filho.

Anjo, colocando um óculos – Bom. Essa vem de Creonice, da Igreja Pentatônica de Jesus. Pelo que parece, ela é uma daquelas adoradoras de louvor...


Deus – E o que ela diz?

Anjo – Ela começa com o cabeçalho usual, chamando-o de Senhor das Galáxias dos universos, criador dos planetas, Senhor de toda a criação, Dono da prata e do ouro...

Deus – Prossiga...

Anjo, após pausa - A ligação ficou truncada a partir desse ponto. Deve ser problema no sinal... Nosso 10G parece que está sempre apresentando defeito nesse tipo de igreja...

Deus – Improvável. Eu sempre faço a manutenção dessas antenas. O que diz?

Anjo – Não sei se escrevi direito...

Deus – Tente, meu filho...

Anjo lê com dificuldade – Vamos lá... “o Xu-ri can-ta, la-ba-xú-rias o o-ri can-ta”... Quem é esse Ori? E esse Xuri? Depois “lá- lá- lá- lá...” “la-ba-xu-rias” de novo... “ripa-la-prá-tras” e “vá-chupá-ba-la-halls” Depois uma sequencia de “se-tu-me-amas-tu-me-chamas” entrecortados com alguns “aleluias”. Depois um choramingo e volta a cantar uma coisa com sabor de mel, ou te amo Jesus, me abraça... Conheço muitos idiomas da Terra, mas esse aqui é desconhecido, Senhor.

Senhor – Essa é a língua dos anjos...

Anjo – Nossa língua? Como assim!!!! Eu não converso desse jeito, Senhor! Sinceramente!

Senhor – Pelo menos, meus filhos creem que esse dialeto seja...

Anjo – Mas Senhor! Como se pode responder a essa oração? Isso é um pedido ou uma adoração? Como a gente começa a se movimentar a favor deles se nem eles organizam as ideias?

Senhor – Nem eles sabem... meu filho Paulo de Tarso ensinou que essas coisas não deveriam acontecer em reuniões públicas...

Anjo – Mas e aí? Estão chegando cada vez mais orações nesses moldes. O que fazer nesse caso?

Senhor – Continue arquivando cada uma delas. Quando eles chegarem aqui, perguntarei o que isso realmente significava. Prefiro que eles me respondam. Fica realmente difícil de responder. Em alguns casos, sei o que pedem, mas na imensa maioria dos casos é uma espécie de emoção de momento. Algumas justificáveis, outras apenas força do hábito, costume da igreja local onde congregam...

Anjo – Outros ainda, alguns pregadores, parecem que completam seus sermões com esse idioma quando falta conteúdo... (rindo agora)

Senhor – Que maldade é essa, Gabriel?

Anjo, fica sem graça – Desculpe Senhor... Me escapuliu...

Senhor - Passemos a outras orações. Mais alguma fora desses moldes?

Anjo – Tem uma aqui... Acho que não devo ler não...

Senhor – Por favor... leia...

Anjo – Diz que o Senhor tem um débito a ser pago: enviar um carro zero e uma casa na praia urgentemente, devido ao carnê do dízimo estar em dia e a campanha da igreja ter sido cumprida com rigor...

Senhor faz uma breve pausa. Abre a gaveta da mesa, pega uma caneta, pega o tablete do anjo e procura o nome da igreja da ovelha. Depois anota o nome.

Senhor – Gabriel. Chame o anjo da morte aqui. Preciso que ele me traga certo pregador de prosperidade. Preciso falar com esse pessoalmente... 


Anjo - Senhor. Esse pregador, pelo que sei, presta serviços para o pessoal lá de baixo...

Senhor - Mesmo assim. Traga ele aqui, depois deportamos ele lá para baixo. Esses pregadores de prosperidade fazem coisas que até mesmo o diabo duvida...


Fim 

Cena posterior ao vídeo

Uma sala de aula com uma anja professora em pé ao lado de uma lousa, ensinando o idioma dos anjos. 

Ela recita a palavra “Xu-ri-can-ta” e os anjos da classe repetem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário