30 de janeiro de 2015

Assista: Perguntas da Presidente Dilma a um pastor evangélico

Dilma pergunta a pastor
Mensagem completa disponível em MP3 para download

Nesse trecho, o pastor Antonio Carlos relata sobre o real encontro de um pastor com a presidente. O que ela perguntou?

Curiosamente, eram perguntas que ela poderia ter feito a qualquer um dos pastores eleitos de Brasilia. Mas a primeira pergunta explana bem o sentimento dela em relação aos crentes.

Caso se interessem a mensagem completa está disponível gratuitamente em áudio e pode ser baixada abaixo do vídeo:




Um comentário:

  1. Isso é uma grande verdade e é necessário que se pregue aos 4 ventos. No princípio da minha conversão, há quase 30 anos atrás, o Senhor veio com a pregação do novo nascimento em uma igreja que tinha começado a frequentar, onde no mínimo, as pessoas eram batizadas, e se consideravam cristãs. Ouve uma grande controvérsia na época, porque muitos não consideravam necessário pregar novo nascimento para pessoas que já eram convertidas, mas muitos por esta pregação alcançaram uma verdadeira experiência de regeneração. E houve um grande avivamento.

    Mas isto também foi notado nas campanhas de evangelismo de Billy Graham na Europa na década de 60 e 70. No final da campanha eles constataram que as pessoas que vinham para receber a Jesus não eram novos convertidos, mas pessoas que estavam anos e anos dentro das denominadas igrejas sem uma experiência real de regeneração ou novo nascimento.

    As Escrituras também dão vários testemunhos sobre isto, como acima podemos ver em relação a Pedro, mas em especial queria destacar Atos, capítulo 19, nos versos 1 a 7 onde as Escrituras relatam sobre os nove discípulos em Éfeso que só conheciam o batismo de João, isto é, do arrependimento, mas não o de Jesus. Creio como relatam as Escrituras, que eram discípulos tementes ao Senhor, batizados nas águas, mas não eram convertidos; não tinham o Espírito, e, portanto, não eram nascidos de novo, nascidos do Espírito (João 3.3-6).

    Creio que todo aquele que se diz cristão deve fazer com sinceridade esta pergunta, e até mesmo provar a si mesmo os frutos: "Examinai-vos a vós mesmos se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados" II Coríntios 13.5. Pertencer a uma denominada igreja não é garantia de salvação. Sem o Filho como vida, a pessoa está reprovada, não é do Senhor (Leia Romanos 8.9 também).


    É ter uma certeza da sua salvação, e esta certeza só pode ser dada pelo Espírito no seu espírito: "O Espírito mesmo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus" Romanos 8.16.



    E há sinais claros de alguém que é regenerado e outro que não é. Se você quiser confrontar a sua experiência, leia com a ajuda do Espírito Santo a carta de I João e deixe que Ele te confronte ou confirme. Faça esta oração antes.

    ResponderExcluir