31 de janeiro de 2015

Kivitz: O que é de Deus e o que é do mundo?


"Pastor: o senhor ouve música do mundo?" 

Um dos motivos da minha admiração pessoal por esse pregador é a capacidade de tornar interessante as coisas chatas e difíceis das aulas de Teologia.

Poderia enumerar mais alguns pontos, mas a naturalidade na qual conta sua vida cotidiana, confessando coisas pequenas e ordinárias (que o crente só confessa como fosse pecado), é certamente algo que foi redentor quando me perdi sem saber se ser ou não ser um bom cristão era aceitar viver roboticamente controlado pela lista de regras que meus líderes de igreja entenduam.

Foi nessa época que isso aconteceu: eles começaram a achar estranho. Feliz demais, livre demais, leve demais. E isso para eles era confuso. Eu era cristão, mas bem confuso a seus olhos.

Que bom!

O áudio do sermão completo, caso se interesse, está disponível gratuitamente para download logo abaixo do vídeo.


Faça aqui o download: