21 de janeiro de 2016

Taxistas japoneses relatam: fantasmas estão passando por passageiros


Taxistas que trabalham no nordeste japonês, área devastada em março de 2011 por um terremoto seguido de tsunami, relatam o surgimento de “passageiros fantasmas”.

Pelo menos sete motoristas da cidade de Ishinomaki, onde morreram aproximadamente 6,000 pessoas afogadas no Tsunami, testemunham o encontro com estes seres.

Yuka Kudo
Os homens fazem parte de um grupo de 100 motoristas entrevistados por Yuka Kudo, estudante de sociologia da Universidade Tohoku Gakuin, como parte de sua tese de graduação.

Um dos entrevistados relatou que uma mulher embarcou em seu taxi próxima a estação de Ishiomaki, poucos meses após o desastre. Ele pediu para que ele se encaminhasse para o distrito de Minamihama, no que o motorista respondeu que não havia sobrado nada daquela região após a catástrofe. Enquanto o taxista contava detalhes sobre a tragédia, a mulher perguntou: “como eu morri? ”. Quando ele olhou para trás, o veículo estava vazio.

Outro motorista, que trabalha em outro ponto da cidade contou que um homem de 20 anos, sozinho em uma rua deserta deu sinal e subiu no táxi, para ele se deparar sozinho assim que a porta se fechou.
A pesquisa de Kudo mostrou que os homens estavam convencidos que tinham presenciado um genuíno encontro fantasmagórico. Alguns deles registraram as experiências em seus boletins de trabalho e são unanimes: as aparições sempre vem como pessoas jovens.

“Jovens sentem forte frustração (com suas mortes) por não conseguirem encontrar as pessoas que amaram em vida”, afirma a pesquisadora. ”. Eles querem compartilhar de suas amarguras, e escolhem os taxistas que conseguem enxerga-los, já que os mesmos devem gozar de faculdades mediúnicas para isso”.


Nenhum dos motoristas relatou medo em suas experiências com os passageiros fantasmas, mas mostram certo arrependimento por não terem mostrado mais carinho com os mesmos no momento das aparições.


O terremoto – que alcançou escala 9 de magnitude, seguido de tsunami – tem registrado oficialmente como causa desse desastre o óbito de 15,893 pessoas. O terremoto durou 6 minutos, gerando ondas que chegaram a 40 metros de altura, invadindo quase 10 quilômetros terra adentro. Estimasse que 2,572 pessoas permanecem na lista de desaparecidos.

Taxistas não são os únicos a informar sobre as aparições na nas imediações costeiras de Tohoku. Existem inúmeros relatos sobre “figuras espectrais” vistas em distritos residenciais, além de espíritos fazendo fila diante de prédios destruídos, em lojas que não existem mais.

“Exorcistas” –que procuram ajudar na situação – informam que algumas pessoas afirmam que viram fantasmas sem cabeça, corpos sem pernas e braços. Outros ainda acreditam que esses espíritos assumiram seus corpos (como é comum nas incorporações espíritas).


Nenhum comentário:

Postar um comentário