29 de abril de 2010

Homem diz que não come nem bebe há 70 anos

Paciente indiano Prahlad Jani (Mataji) garante que ha sete décadas não come nem bebe -  Photo: AFP

Prahlad Jani está sendo mantido em isolamento em um hospital em Ahmedabad, Gurjarat, onde está sendo acompanhada de perto pela investigação da organização de defesa da Índia: acreditam que ele pode ter uma qualidade real que poderia ajudar a salvar vidas


Até agora, ele já passou seis dias sem comida ou água sob estrita observação e os médicos dizem que seu corpo ainda não mostrou quaisquer efeitos adversos de fome ou desidratação.

Jani, que afirma ter saído de casa com sete anos e viveu como um sadhu errante - ou homem santo, no Rajastão, é considerado como um “respiratoriano” e que podem viver da "força espiritual da vida" sozinho. Ele acredita que é sustentado por uma deusa que derrama um elixir 'através de um buraco em seu paladar. Suas afirmações foram apoiadas por um médico indiano que se especializa em estudos de pessoas que afirmam habilidades sobrenaturais, mas ele também foi rejeitado pelos outros como uma “fraude de aldeia".

A Defesa Índiana de Pesquisa Organização para o Desenvolvimento, cuja cientistas desenvolvez aeronave, mísseis balísticos intercontinentais e novos tipos de bombas, acreditam que o Sr. Prahlad poderia ensiná-los a ajudar os soldados a sobreviver mais tempo sem alimento, ou vítimas de desastres a sobreviver até que a ajuda chegue.
"Caso forem comprovados estes fatos, será um avanço na ciência médica", disse o Dr. G. Ilavazhagan, diretor do Instituto de Defesa de Fisiologia & Allied Sciences.

"Nós seremos capazes de ajudar a salvar vidas humanas durante os desastres naturais, altitude, as viagens marítimas e outras extremidades naturais e humanas. Podemos educar as pessoas sobre as técnicas de sobrevivência em condições adversas, com pouca comida e água, ou mesmo, nada."

Até agora, o Sr. Prahlad parece estar em perfeito estado de saúde. Ele não tem comido ou bebido nenhum líquidos em seis dias, e também não urinou ou evacuou nesse período. Ele continua em forma e saudável e não mostra sinais de letargia. Os médicos vão continuar observando-o durante 15 dias - o tempo que seria de esperar para ver algum desgaste muscular, desidratação grave, perda de peso e fadiga, seguido de insuficiência de órgãos.

É comum na Índia para os hindus e jainistas, ficarem por até oito dias sem qualquer ingestão, sem quaisquer efeito adverso, como parte de seu culto religioso. A maioria dos seres humanos não podem sobreviver sem comida por 50 dias. A greve mais longa da fome registada é de 74 dias.

Segundo o Dr. Sudhir Shah, que o examinou em 2003, ele ficou sem comida ou água por dez dias em que a urina apareceu para ser reabsorvido pelo corpo após a formação na bexiga. Surgiram dúvidas sobre o seu pedido após o seu peso caiu ligeiramente no final da avaliação.

Fonte: Telegraph

8 comentários:

  1. Isso me fez lembrar de um pastor que pregava no início da madrugada na Musical FM, alguns anos atrás (se ele continua eu não sei...).

    O idiota aqui tinha acabado de se separar e estava meio deprimido. Ficava ouvindo programas de rádio evangélicos durante a madrugada, sem conseguir dormir.

    Entre outros, tinha um pastor que balia como um bode velho (bode bale?) e falava todo dia que estava em JEJUM TOTAL A QUARENTA DIAS.

    Pedia com a voz de bode dele ofertas para manter o programa, ficava com aquele falar irritante durante o programa inteiro mas, na hora de falar o número da conta corrente para receber as ofertas, SARAVA DE REPENTE DA UNÇÃO DO BODE e falava claramente "Banco Itaú, agência tal, conta corrente tal..."

    Duas coisas a se observar:

    1) A astúcia do bode que se retirava para que todos pudessem entender o número da conta corrente;

    2) Todo mês ele estava em jejum total a 40 dias...

    Das duas uma: Ou ele era parente do cabra aí em cima e deve estar chegando aos tralalá anos sem comer nem beber nada, ou ele é um mentiroso hipócrita dos mais toscos, ao tentar fazer entender que num mês de trinta dias ele ficava 40 dias sem comer nada...

    É isso.. rsrs

    ResponderExcluir
  2. Olha a cara de alegria do tiozinho!!

    eu fico com nessa cara em 3 horas sem beliscar um coisinha.

    Se para encontrar o nirvana tenho que parar de comer,olha, deixa esse nirvana pra lá.....

    ResponderExcluir
  3. paz amigo blog muito bom to seguindo sega-nos aceita parceria de banner? deixe um recado no nosso mural www.tudonoglobo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. ALEX JOSÉ MEDEIROS4 de maio de 2010 21:22

    Muito interessante o caso do Monge.Acho importante o estudo realizado, pois, caso seja verdadeiro, grandes coisas poderão ser feitas em pro do ser humano nas situaçoes de calamidade.
    Portanto, deveria ser feito uma contagem progressiva do tempo que o referido monge fica sem agua e comida, assim todos poderiamos saber imediatamente a situaçao que se encontra.

    ResponderExcluir
  5. Olá sou a Jéssica,e sabe o que eu acho desse cara???um tonto pois ele está perdeno a sua vida sem experimentar toda as delicias possiveis e esse negócio de uma deus que alimenta ele é MENTIRA!!! mesmo que ele eteja doente podeira pedir alguem que lhe dese qalquer coisa para comer né?????
    ele é um tonto e esta perdendo tudo o que a vida lhe oferece,todas as oportunidades!!!!

    AGORA:
    larga a mão de ser tonto e vai comer!!!!

    ResponderExcluir
  6. ve se logo que nunca foi ao café de s.bento

    ResponderExcluir
  7. cada um come o que quer... nós somos o que comemos. Se ele nao comer, como dizem, á 70 anos, entao nao sabemos exactamente o que ele é.

    ResponderExcluir