18 de maio de 2011

As 5 religiões mais excêntrica dos últimos tempos

 
 
Após o mundo conhecer uma seita russa totalmente feminina, que cultual seu "ídolo" trajadas como freiras, que crê que Vladimir Putin, primeiro ministro russo,  é nada mais que a reencarnação do apóstolo Paulo, resolvi dar uma pesquisada no que se refere a religiões estranhas e encontrei essas cinco (bizarrices e religião tendem a andar juntas, mas essas daí...)

1. O Culto ao Principe Philip:
A tribo Yaohnanen de uma ilha ao sul de Tanna, em Vanuatu, cultua o príncipe Philip como Deus, e creeem que ele seja filho de um antigo espirito, habitante de uma montanha próxima.
Como exatemente eles passaram a crer na divindade do príncipe não é claro, mas ao que parece, em determinada ponto, na década de 1950, eles começaram a misturar a crença cristã – que aguarda o retorno do messias – com a devoção e respeito dedicado a Sua Alteza Real pelos britânicos, quando no que era então a colônia das Novas Hébridas.

2. O movimento à Jon Frum
Também originário da ilha de Tanna, é outro culto que idolatra um estrangeiro – no caso, um americano, como uma espécie de deus. O movimento Jon Frum, atua desde a década de 1930 considera um americano chamado Jon Frum como símbolo de prosperidade financeira, e que trará riqueza para aqueles que o seguem. Ele às vezes é retratado como negro, noutras, como branco. David Attenborough relatou sobre sua entrevista: "Ele olha como você. Ele tenho rosto branco. "É alto, seu espírito vaga pela América do Sul ".

3. Jedi – ismo
George Lucas, criador da série Guerra nas Estrelas, não podia prever que seus filmes poderiam criar uma nova religião, com adeptos fervorosos que defendem a existência da “Força”. De acordo com a mitologia do universo de Guerra nas Estrelas, “a Força” é a energia que move o universo e permeia toda a matéria existente. “Os verdadeiros Jedis do mundo”, como se auto-intitulam, creem que são capazes de manipular “a força”. Em 2009, Daniel Jones, fundador da Igreja Jedi de Holyhead foi expulso de um supermercado in Bangor, quando se recusou a remover o capuz de seu uniforme sacerdotal, por motivos religiosos.

4. Raelismo
Fundada por um piloto de corridas chamado Claude Vorilhons, que trocou seu nome para Rael, tem em seus seguidores, os raelianos, a crença de que a raça humana é fruto de uma criação alienigena em laboratório a 25.000 anos atrás, onde esses mesmos aliens retornarão, pousando em Jerusalém em 2025. Enquanto isso Rael ensina a paz e a “meditação sensual”. Rael também fundou a Cloined, empresa que garante ter clonado uma criança.

5.A Igreja de todos os Mundos
A Igreja de todos os Mundos é uma religião neo-pagã fundada em 1962 por Oberon Zell-Ravenheart e sua esposa Monirng Glory Zell-Ravenheart. Eles se inspiraram na religião ficcional de mesmo nome de um romance chamado “Estranhos em uma terra estranha” de Robert A. Heinlein. Recentemente, seguindo a tradição de se inspirar na literatura, O Sr. Zell-Ravenheart, fundou a Grey School de Feitiçaria, baseado em Hogwarts, a escola onde o personagem Harry Potter estuda, de acordo com seus livros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário