31 de maio de 2011

Confortavelmente entorpecido


Essa é a tradução do título da música "Comfortably Numb" do Album - e posteriormente filme - The Wall, que demorei 5 anos para poder entender: era adolescente quando assisti e não conseguia captar a profundidade do que estava sendo apresentado ali.

A história mostra um astro do rock, e de como, gradualmente, as coisas que a vida traz, juntamente com as atitudes que temos e provocamos por que a mesma vida nos transformou nesse fiasco, cada uma dessas quedas nada mais é que mais um pequeno tijolo, a ser colocado no muro (daí, o nome: The Wall).

O trecho postado mostra o momento após "Pink" surtar, se escondendo dentro de si mesmo, relembrando uma época onde se sentiu assim, confortavelmente anestesiado, por um mal que não conseguia dimensionar e que o mantinha febril e indefeso contra tudo que sua mente trazia em desfile: sua mãe castradora, o pai morto na guerra, uma mulher adúltera, preso a uma solidão irresgatável.

Um quadro claro de depressão.