18 de junho de 2011

Algumas sugestões para não usar em coreografias


Confesso que não vejo muito sentido em algumas coreografias nas igrejas: as interpretações de determinados trechos da música já me levaram a incontroláveis gargalhadas.

A intenção aqui, mostrando essa estranha dança das moças japonesas(são garotas mesmos) e usam o som "Fighting Spirit" de Dragon Warrior(Quest) III para mostrar exatamente meu ponto:

"Que raio essas danças nos comunicam durante o culto?"

Sei! Miriã dançou, Davi também louvou e adorou a Deus desta forma... mas isso me parece algo espontânea. Não consigo imaginar o Rei Davi ensaiando passos com a guarda real, ou fazendo caras e bocas em direção ao espaço sideral, simbolizando algo que pode ter milhares de interpretações possíveis, inclusive algumas nada cristãs.

Isso parece confuso para você?