Postagens

Mostrando postagens de Março, 2009

Jeová, Mamom e Belzebu

Imagem
Quando Ele chegou, foi tomado de zelo, ou coisa que se traduza semelhante, e foi virando as mesas dos cambistas, expulsando os mercadores e seus animais, disponíveis para venda. Parabolizando: Era como a dona de casa que trabalha fora e, chegando em casa com suas visitas, se depara com uma grande orgia, promovida pela empregada, a quem confiara seu lar para que mantivesse limpa. E pior: Tal procedimento era repetido sistematicamente pela funcionária, não se importando com o que a dona de casa pensava a respeito. Que tipo de indignação nos invadiria nesta hora? O episódio onde Jesus purifica o templo é um dos poucos que estão relatados nos quatro evangelhos. Assim como a crucificação, algo não pode ser ignorado por nenhum dos evangelistas. Talvez, a incomum explosão emocional do messias tenha causado essa atenção especial. Talvez não... Alguns procuram entender essa raiva explicita do Filho do homem, não relatada em nenhum outro trecho, mesmo quando ele é submetido a torturas

Minhas Crenças Absurdas

Imagem
Creio em absurdos, mesmo nestes tempos contemporâneos onde tudo é nublado, e nada parece merecer crédito. Sou absurdo por acreditar no que a maioria - não tão facilmente manipulável – não crê? As vozes dos povos são as vozes dos deuses? Não acredito nestes politeísmos. Existem tantas massas de manobra, umas mais manobraveis que outras, que já nem sei como expôr a qual tipo de massa levedo - ou sou levedado. Talvez esteja inserido no grupo absurdo, que ainda crê e se maravilha na história do Deus que andou na terra, no meio do povo que criou. Creio que Ele mamou nos peitos de sua jovem mãe, urinou e defecou, bateu com um dos dedos dos pés em alguma pedra, num tropeção involuntário. Tomou chuva, bebeu vinho, calejou os dedos nas redes de pesca. Não creio realmente que ele tenha constituído família com Madalena ou outra mulher, mesmo porque Ele, na minha crença, não precisaria (nem se contentaria) em usufruir de sua criação desta forma. Ainda na minha fé– que não é

Origens e Inspiração.

Imagem
  Diz-se que quem esta inspirado se habilita a criação (e neste caso, ao contrário do verbo “To Be”, ser e estar não podem ser usados da mesma forma). Esta inspiração se baseia as vezes em algo, alguém, ou qualquer coisa que sejamos capazes de captar, da forma que for: Cientistas procuram criar robô voador acrobata, inspirado em pterodáctilo brasileiro; Cérebro de camundongo inspira a criação de novo tipo de computador; Garoto comete crime inspirado em Video-Game; A inspiração não para de surgir, assim como as suas fontes, de boa ou má procedência, também não. O dicionário dá mais pistas: Ins.pi.ra.ção sf (lat inspiratione) 1 Ato ou efeito de inspirar ou de ser inspirado. 2 Coisa inspirada. 3 Coisa ou pessoa que inspira. 45 Sugestão de origem transcendente ou psíquica, ou de qualquer objeto que tem virtude genética sobre o artista para o excitar à produção e lha orientar. 6 Estro, força inspiradora. 7 A marca do gênio ou do talento na obra do artista. 8 Mús Pausa que d