Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

Morte à Arte, Morte às Vidas

Imagem
Deparei-me com esse texto e lembrei de quanto nosso modo evangélico de vida pode ser absurdamente parecido com o que repudiamos. A segunda imagem na foto é a de meu primeiro quadro em tinta acrílica, de quando comecei a aprender a técnica em 2009. Lembro que enfrentei inúmeros questionamentos a respeito da escolha da imagem: algo obscuro, uma Igreja, um cemitério, uma forca... Gostei da imagem e a escolhi, dentre muitas outras opções. O objetivo era aprender a pintar em tela, e para primeiro quadro, pareceu-me um bom desafio. Hoje me senti compelida a escrever a respeito, depois da notícia da selvageria que destruiu obras de arte de valor inestimável para a humanidade no museu da cidade de Mossul, no norte do Iraque, por fundamentalistas religiosos (primeira imagem). É claro que não há comparação entre as obras destruídas no Iraque e meu primeiro quadro em tinta acrílica, pintado em 2009. Mas há algo em comum entre essas obras: todas foram destruídas sob argumentação r

Blogueiro ateu assassinado a golpes de facão em Bangladesh

Imagem
Um conhecido blogueiro americano de Bangladesh foi morto a golpes de facão por agressores não identificados. Aconteceu em Dhakar nessa quinta-feira, segundo a polícia. A família do escritor, conhecido por ser ateu, alega que ele havia recebido várias ameaças de islâmitas . O corpo de Avijit Roy, fundador do blog Mukto-Mona(Pensamento-Livre) um dos sites mais acessados e conhecido por defender temas de pensamento liberal, só que em um país de maioria muçulmana. O corpo foi encontrado coberto de sangue, logo após o ataque. Sua esposa também sofreu vários ferimentos e está internada em estado grave. "Ela morreu ao dar entrada no hospital. Sua esposa também foi seriamente ferida, perdendo inclusive um dedo" - disse o chefe de policia Sirajul Islam. O casal retornava de bicicleta de uma feira de livros quando dois homens os pararam e arrastaram para a calçada, sendo derrubados a golpes de facão, relataram testemunhas.

Experimento: Quem ajudará o menino sem teto no inverno nova-iorquino?

Imagem
Nesse experimento tocante, um menino com uma camiseta rasgada, um saco de lixo e um pedido de auxilio escrito em um pedaço de papelão, foi posto nas ruas geladas da cidade americana. Durante duas horas as pessoas passaram - algumas até pararam e olharam por segundos a difícil situação do menino que sofria de frio até não aguentar em pé e cair de frio na calçada. Sim: A ajuda veio. Mas você pode imaginar de onde surgiu o auxílio para a criança?

Não nos falta ler a Bíblia - sobre analfabetos funcionais

Imagem
Aconteceu em 2014, durante uma reunião de pastores de uma grande região de São Paulo. Eu estava lá, acompanhando um conhecido. Era tempo de eleição e os obreiros foram convocados para receber diretrizes sobre em quem votar naquela eleição. Apenas mais uma reunião de rotina, normal naquele período político. Por ser uma denominação contada entre as pentecostais, houve uma pregação-comício do pastor-candidato, onde ele encaixava versículos bíblicos no discurso, buscando comprovar a necessidade do ingresso dos crentes na política. No discurso, ele falou sobre a queda de Satanás e como era belo antes da queda. - Aleluia! - gritou uma pastora, seguido por mais brados de "Gloria a Deus" dos pastores presentes. Nesse momento, esbugalhei os olhos, sem entender: Alguns daqueles líderes de comunidades evangélicas estavam glorificando a Satanás? Dando glorias à beleza de Lúcifer? Na verdade, eram homens e mulheres de fé sincera: só não conseguiam compreender o que o ca

Assista: O senso de obrigação em dizimar

Imagem
No trecho, Kivitz fala sobre a obrigatoriedade de entregar o dízimo, e a motivação que nos impele a fazer isso. De certa forma, a maneira que você entrega pode ser errada, mesmo cumprindo sua cartilha dentro dos conformes. : Assista completo no Youtube

Assista: Onde está o Deus onipotente nas tragédias?

Imagem
Certos simplismos são habitualmente encontrados nos discursos religiosos para explicar o inexplicável. O problema da dor contrastado a aparente ausência - ou omissão  -  de Deus nos levará a questionar cada vez mais sobre a existência Dele. No trecho abaixo, o reverendo inglês inicia sua explanação falando sobre como nos faltam ainda respostas definitivas. Respostas que seriam mais fáceis se admitíssemos que não existe nada além desse mundo sujeito a tragédias inexplicáveis.

Assista: Ariovaldo e Neil falam sobre cotas e o racismo no Brasil - duas opiniões

Imagem
Indo na contra-mão do senso comum - inclusive lançando aos olhos de Neil Barreto uma visão que ele mesmo confessa ser um prisma nunca antes vislumbrado - o pastor Ariovaldo Ramos fala sobre a História brasileira e, dentro deste contexto, vimos o quanto somos rasos em nossa opinião. Claro: há espaço para o debate. Mas a criação do sistema expõe realmente nosso racismo cotidiano.

Irmão de cristãos decapitados agradece aos assassinos por manterem as declarações de fé dos assassinados

Imagem
O irmão de dois dos 21 cristãos coptas assassinados na Líbia na semana passada agradeceu aos assassinos para a inclusão de declaração de fé dos homens no vídeo que eles fizeram de suas decapitações. Via Christian Today Aconteceu durante oração feita ao vivo em um programa de uma emissora cristã árabe SAT-7. Beshir Kamel disse estar orgulhoso de seus irmãos Bishoy Estafanos Kamel (25) e Samuel Estafanos Kamel (23), por serem "uma medalha de honra ao cristianismo ". Cenas pungentes dos assassinatos foram vistos ao redor do mundo. As últimas palavras de alguns dos mortos foram: "Senhor Jesus Cristo". Beshir Kamel agradeceu ao ISIS por manter nas imagens a declaração de fé em Cristo dos homens, já que isso reforçou a sua própria fé. Acrescentou ainda que as famílias dos trabalhadores sequestrados "felicitaram um ao outro" e não se desesperaram:

Ariovaldo: "Como um evangélico ainda assiste a Globo?"

Imagem
Confesso que enquanto o ouvia, sozinho, batia palmas sobre sua posição em relação a mídia e a Globo, pois sempre - intimamente - faço a pergunta: por que essas pessoas, ridicularizados e sempre mostrados como "bizarros" -  continuam assistindo e deixando seus filhos assistirem? Púlpitos soltando bordões de personagens de novelas, ou de humorísticos racistas que insistem em idiotizar o pobre e o cristão. Jesus parece não ter força para libertar esses irmãos das garras desse sistema maligno de informação que é a mídia nacional. Assista e entenda:

Anti-teísmo: o novo ateísmo é perigoso?

Imagem
Via BBC Mundo O assassinato de três jovens muçulmanos na semana passada na Carolina do Norte, EUA, chamou a atenção de um tipo de denominação pouco conhecida: o anti-teísmo. Ao se investigar as motivações do autor do atentado confesso, Craig Stephen Hicks , 46, descobriu-se que a sua maior motivação é o ódio pelas religiões. Hicks se entregou às autoridades após ter assassinado a tiros os seus vizinhos da cidade de Chapel Hill, Deah Shaddy Bakarat, 23, a esposa Yusor Mohammad Abu-Salha, de 21 e sua irmã Razan Mohammad Abu-Salha, de 19.

Kivitz: A Solidão e o oportunismo do inferno que nos assola

Imagem
Segue mais um trecho de sermão de Éd Renê Kivitz (áudio de sermão completo para download após o vídeo). Hoje, ao invés de comentar sobre o que é dito pelo pastor, gostaria de falar um pouco do que ando enxergando com mais clareza nesse crescimento que nossas páginas vem experimentando, seja aqui, em nossa Fan page ou mesmo no canal do Youtube . Não é de agora que acompanho meus colegas blogueiros, e sei que um dos caminhos para conseguir boa projeção é jogar pedras em quem faz sucesso. Falar mal de quem faz um bom trabalho (ou simplesmente, faz um trabalho ruim, mas por ser "celebridade", pegam carona nisso e seus fãs aparecem para defendê-los) é uma"estratégia" que acaba por gerar seus efeitos colaterais. Uma das coisas mais trágicas nesses dias de Internet é o aumento de CECN (comentaristas especialistas em coisa nenhuma). Eles baseiam suas opiniões nos BECN (blogueiros especialistas em coisa nenhuma), que na verdade, querendo ser contra-ponto, sabe da

Afinal: quem são os evangélicos?

Imagem
Um texto feito para os que não entendem a diversidade entre os que confessam a Cristo, mas divergem diametralmente em diversos pontos.  Homofóbicos, cortejados pela presidente, fundamentalistas. Massa de manobra de Silas Malafaia, conservadores, determinantes no segundo turno das eleições. De tanto que se falou sobre os evangélicos nas últimas semanas, nos jornais e nas redes sociais, talvez caiba uma pergunta: afinal, quem são “os evangélicos”? A resposta mais honesta não poderia ser mais frustrante: os evangélicos são qualquer pessoa, todo mundo, ou, mais especificamente, ninguém. São uma abstração, uma caricatura pintada a partir do que vemos zapeando pelos canais abertos misturado ao que lemos de bizarro nos tabloides da internet com o que nosso preconceito manda reforçar. Dizer que “o voto dos evangélicos decidirá a eleição” é tão estúpido quanto dizer a obviedade de que 22,2% dos brasileiros decidirão a eleição. Dizer que “os evangélicos são preconceituosos”, significa

Uma sequência de imagens sobre fé na humanidade

Imagem
Irã: Tudo aconteceu inesperadamente, mudando o rumo do que aconteceria.

Ariovaldo Ramos: desigualdade é ferramenta de uso cristão

Imagem
"Não. Você não foi feita por Deus..." afirmou Ariovaldo Ramos, e mais: isso é ferramenta para exercer o discipulado cristão Não há como fugir disso: somos diferentes, e não há em nós o mesmo talento (ou falta dele) de forma padronizada. Apenas um homem foi criado, e a partir deste, após a queda, os outros foram formados, cada qual com suas vantagens e desvantagens, qualidades e deficiências. Assista e entenda:

Assista: Igualdade? Uma ilusão social inventada - com Pastor Ricardo Bitum

Imagem
O pastor pentecostal (acredite! é verdade!) Ricardo Bitum é, além de pregador da Palavra, professor de História. No trecho sobre igualdade social, ele explana sobre a falta de Justiça que esse assunto remete, já que a distorção começa em sua raiz, ainda na França, há séculos atrás. Um assunto delicado e que normalmente é ignorado e aceito pela população, apesar da injustiça que isso claramente significa. Assista e compreenda:

IGREJA ACUSADA DE VIOLAR DIREITOS HUMANOS COM SEUS SINOS

Imagem
Pelo menos, é o que defende um austríaco. O arquiteto austríaco Wolfgang Lassy diz que não consegue usufruir há anos de uma boa noite de descanso, já que uma igreja católica o acorda de quinze em quinze minutos. Há séculos, os sinos da igreja de Linz são autorizados a badalar à noite a cada quinze minutos, perturbando o sono de muitos moradores. Agora, Lassy tenta terminar com a prática de séculos. O austríaco processou a Igreja Católica da cidade e até expressou seu profundo descontentamento em uma carta ao Papa Francisco, que até agora não obteve retorno da Santa Sé. "Lassy tem sido incapaz de dormir à noite por anos porque os sinos da igreja dobram exatamente 222 vezes a cada noite com um volume de 75 decibéis," afirma o advogado de Lassy, List Wolfgang, ao jornal The Washington Post nesta quinta-feira. Seu cliente mora a 250 metros de distância da catedral Mariendom, onde ficam os sinos. De acordo com seu advogado, por dois anos Lassy tentou resolver o pr

Assista: Deus não se obriga a ser leal, mas fiel.

Imagem
Você sabe o qual a diferença entre lealdade e fidelidade? Entender que Deus não tem interesse em ser leal a você em determinados pontos, mas sempre fiel? E isso que Paulo Junior explica com muito bom humor sobre como Deus trabalha no uso de seus profetas. Sempre uma aula.

Assista: Profeta não é vidente, nem sabe do futuro

Imagem
Dia desses ouvi um "causo": Numa igreja, os "profetas" perderam o controle do culto: ninguém mais pregava. O tempo todo alguém levantava no meio da mensagem e começava a falar algo do tipo "Eis que profetizo" ou "Meu servo!...". E assim ia té o fim, interrompendo o sermão a todo momento. O pastor Ricardo Bitum conta que para botar ordem na casa, chamaram um pastor mais experiente para começar a encabeçar os trabalhos no culto. Já na primeira noite, quando ele ia começar a pregar, um já se levantou no meio da igreja, pondo-se em pé com dedo em riste - Eis que te digo, ó vaso... - Pode parar! É hora de pregar a Palavra de Jesus. Por favor: se sente! - disse o pregador, acenando para a pessoa - Sente-se, por favor. - Servo meu! Tua soberba... - gritou outra, em tom de repreensão para com aquele que buscava calar a "voz do Senhor". Com a mesma calma e firmeza, o ancião se dirigiu a ela: - Irmã. Agora não é hora de profecia, ok? A

Deus no sorriso dos meus filhos

Imagem
Nós, homens ocupados do atual tempo, não somos dados a perdê-lo por qualquer coisa que possa nos tirar o lucro. O professor Ricardo Bitum conta que o sucesso das grandes igrejas neo-pentecostais nas metrópoles (e o fracasso em cidades mais interioranas) se dá ao formato em que eles oferecem seus cultos: diversos dias da semana, diversos cultos ao dia. Eles oferecem uma solução para o problema das nossas agendas, resposta para dar algum espaço para falar um pouco com Deus, informal como nosso cotidiano. Na empresa onde trabalhei (a matriz de mais de mil filiais e onde trabalhavam mais de 3000 colaboradores só nessa unidade) diversas pequenas igrejas se espalhavam em volta do complexo e ofereciam cultos entre as 11:00 e 14:00 horas, para aqueles que quisessem usar parte de seu tempo do almoço na busca de sua espiritualidade. Devo ressaltar que os cultos ainda hoje são cheios. Nós, seres humanos contemporâneos e metropolitanos, vivemos egocentricamente pela agenda. Ma

Capeletti: Quando havia apenas arroz para comer

Imagem
Particularmente, já passei por essa experiência, Foi assim que aprendi a confiar. O mundo depende cada vez mais do amor desses homens e mulheres aos quais Deus abasteceu para que pudessem compartilhar. Claro: vivemos - creio eu -  o esfriamento do Amor e cultuamos cada vez mais o "Eu", o EGO-centrismo, onde seguimos a loucura do homem da parabola de Cristo, que ao ver multiplicar sua plantação, resolve acumular o que já era mais que suficiente ao invés de abastecer o que nada possuía. O que esse homem faz, levando dezenas de desvalidos (gays, prostitutas, assassinos e ladrões) para debaixo de seu teto é algo que eu ainda não consigo atingir. Trazer esse problema para minha vida. Por isso, Deus forja homens como esse. Assista:

Kivitz: a experiência pentecostal de um pastor batista

Imagem
Nesse trecho, Pastor Ed Renê, que é de formação batista, comenta sobre sua experiência no meio pentecostal. Com o costumeiro bom humor, Kivitz conta sua vivência entre os irmãos que congregavam na igreja onde ele é pastor. O áudio com o sermão completo se encontra disponível para download abaixo do vídeo.

Assista: Uma crente muito especial na sala pastoral

Imagem
Preciso confessar: Este é mais um dos pastores que nunca me esforcei em ouvir, mesmo após quase duas décadas de caminhada no Evangelho. Grande prejuízo para meu aprendizado. Esse homem simples com palavras simples - é conhecido por fazer peregrinações e com elas aprender e ensinar - fala com riqueza sobre Cristo, sobre desapego e sobre as lições que se aprende nas coisas simples e ordinárias da vida. Um louco? Tire suas conclusões.

Assista: Espírito derruba? Pra que?

Imagem
Na contra-mão das ações espirituais "extravagantes", aprendi através desse pequeno trecho o que perguntar para as pessoas que sofrem o efeito do "cair no Espírito". Repeti as mesmas questões para um rapaz que defende esse tipo de "ato profético" e realmente ele não sabia o que me responder. O pastor Paulo Capelletti explana nesse trecho as ações do Espírito na vida de quem o recebe.

Ariovaldo: Como Jesus lidou com os preconceitos de sua época?

Imagem
Quando garoto, aprendi na escola que o grito da Independência brasileira no 7 de Setembro tinha acontecido como em um quadro exposto no museu do Ipiranga, onde o príncipe de espada empunhada gritava montado em seu cavalo: "INDEPENDÊNCIA OU MORTE!". Anos depois, os historiadores revelavam que no momento em que Don Pedro I recebeu a informação de Portugal, estava no meio de uma desastrada diarreia à beira do rio Ipiranga. Hoje me deparei com o banner acima, postado em uma comunidade de ateus e, creio, não pode ser simplesmente desacreditado por ter em sua autoria "pessoas que não acreditam em Deus", ou o argumento mais comum: "este foi alguém que teve grande significância para obra de Deus e, portanto, não deve se manchar sua memória". Oras! Não são eles quem enlameiam o nome deste homem. São os registros de suas atitudes em vida que o fazem.

Casamento: Infidelidade emocional - Você é culpado?

Imagem
Se você gosta da amizade de outra pessoa em demasia, pode ser que esteja tendo um caso emocional extraconjugal. Faça o teste e descubra se você já passou dos limites de uma amizade e o que deve fazer a respeito. Por Chris Ayres Vocês são apenas conhecidos no Whatsapp, Facebook, amigos, companheiros de trabalho talvez. Nada físico aconteceu entre vocês até hoje, vocês até mesmo se ajudam em relação ao casamento um do outro, gostam de conversar e se entendem, riem juntos. Segundo a professora de psiquiatria da New York Weill Cornell e autora de best-sellers, Gail Saltz,  "Muitas dessas conexões emocionais evoluem para uma relação extraconjugal. Se elas não progridem para o sexo, é muito fácil dizer a si mesmo que você não está fazendo nada de errado. O problema é que a aproximação emocional com outra pessoa impacta seu casamento, ou seja, seu casamento termina, ou você precisa terminar a "amizade" com aquela pessoa para manter seu casamento intacto".

Fez tudo errado na vida, e Deus ainda salva...

Imagem
Era natural que ninguém gostasse dele. Pense que seu país foi dominado por outro. Imagine que argentinos em guerra com o Brasil dominaram nossa nação com um forte exército. Só imagine. Em meio à truculência dos mandos estrangeiros sobre sua casa, gente de outro idioma dizendo para todos daqui o que devemos fazer e quando podemos fazer, surge um brasileiro escolhido pelos argentinos para coletar impostos para eles. O brasileiro vem com soldados argentinos fortemente armados e arranca, sem dó nem piedade, tudo o que quer de seus compatriotas, para dar ao país invasor. Logicamente, como bom canalha, ele aproveita da posição privilegiada e pega parte dessa arrecadação, embolsando em seu próprio benefício. Quem fiscalizaria isso? O Estado invasor? -O que faz aí, chefe! Tu vai cair... - Queria ver como Deus se parece... Ver como Ele anda e age. - Você acredita realmente que ele é Deus? - Claro que é! E se tenho uma chance de ver Ele, é agora. Depois de morrer é qu

Sua fé não funciona e você faz tudo certo?

Imagem
Infelizmente, o básico da fé dos cristãos perdeu o sentido no último século, provando que vivemos o que o sermão profético de Cristo chamado o "Início das Dores". É com certo embaraço que confesso que, mesmo após quase duas décadas caminhando entre cristãos, muito do que Paulo Júnior expôs pareceu-me totalmente novo. E ele só expôs o que eu deveria ter entendido há anos atrás. O vídeo na verdade é uma montagem de um trecho do áudio. Não sei ao certo onde e quando foi pregado, mas independente disso, é algo atemporal.  Após o vídeo, disponibilizei a versão completa em áudio para download e espero que você possa investir alguns minutos ouvindo - e aprendendo - com a palestra ministrada.

Assista: Não apenas bíblia para o discípulo

Imagem
Sermão completo disponível para download "Pastor: Não seria melhor aprendermos evangelizar ao invés de aprender a cuidar do meio em que vivemos?"  Foi o disse uma das pessoas no auditório, quando o preletor falava sobre dar condições às pessoas ao invés de citar versículos bíblicos. Neste trecho da palestra sobre "os filhos do inferno", Kivitz fala sobre nossa necessidade de possuir regras e normas para seguir algo, ao invés de viver algo que faça diferença: ser sal, ou luz. Essa necessidade de seguir um manual é o que gera as religiões na Terra, causando a incompatibilidade de ideias entre essas normas, causando as guerras que vemos. Caso tenha interesse, o áudio do sermão completo está disponível para download abaixo do vídeo. 

As dez mais tocadas na sua igreja!

Imagem
Elas exaltam o Cristo, o Eu ou o nós? Dia desses, fiz uma pesquisa na Fan Page deste blog no Facebook: Das 10 músicas mais cantadas na sua comunidade cristã (também conhecida como igreja), quantas em média tem as letras conjugadas em 1° pessoa do singular (eu, para mim, me dá, me ama, me abençoa)? A intenção era fazer com que os que ministram e tocam para as suas respectivas igrejas pudessem rever o "playlist" do culto: igreja não é para o individuo, e sim para o coletivo: Não se ora o"Pai Meu" e sim, o "Pai Nosso". Há quase duas décadas convivendo no meio, percebo que no decorrer desse tempo , muitos dos meus irmãos dão preferência a igrejas grandes em número para sejam anônimos na multidão, e possam, em secreto, cultuar a Deus sem o incomodo de compartilhar amizades. Individualizar-se a ter que suportar o irmão ao lado. O efeito disso nas letras das músicas de tema religioso cristão (muitos chamam de hino) é perceptível: o EU é exalt