4 de agosto de 2010

Crente pode fumar? Pode beber?

por Zé Luís

Ed Renê Kivitz costuma dizer que, quem tem que pedir permissão para fazer tudo é criança, e portanto, inicialmente, não tem maturidade para compreender e não pode nada.

De antemão, claro: fumar ou beber não é pecado. Dizem os pastores, em um chavão muito conhecido que “fumar não manda ninguém para o inferno, mas deixa o fumante com o cheiro dos que lá estão.”

Eu, apesar de ter abandonado o tabagismo a quase 15 anos, assim como me abstenho de qualquer tipo de bebida alcoólica no mesmo período, não nutro nenhuma repulsa contra essas coisas. Creio que isso poderia confundir-me em relação a coisas e pessoas. As pessoas não são más por que bebem ou fumam, isso não é critério para análise, embora saiba que esse hábito não as “qualifique” como crentes evangélicas,o que pode também ser uma vantagem...risos.(vale a pena lembrar que o hábito de beber em algumas denominações cristãs evangélicas é perfeitamente normal, como os presbiterianos, por exemplo).

Lembro-me da história de um moço da igreja, já falecido. Contam que ele era meio estabanado nas suas explanações sobre o poder de Deus na vida do homem, deixando sorrisos na boca de quem as reconta.

Certa vez, um rapaz do serviço dele começou a caçoar, dizendo que ele, por ser crente, não podia fazer nada, e tirando um maço de cigarros do bolso, desafiou-o: “Você pode acender um cigarro desses e fumar tranquilamente como eu?”. Ele pegou o cigarro nas mãos, e após breves momentos olhando a fumaça dançar diante do rosto, pediu o maço ao colega. Ao pegá-lo, o Fábio disse: “Eu posso sim, fumar se quisesse, e você? Pode fazer isso?”

Dizendo isso, jogou o maço ao chão e o esmigalhou com o pé, pulando sobre o que sobrara dos cigarros, despertando a ira do colega. Ele olhou tranquilo para o fumante e completou:
“Viu quem é o escravo? Eu posso ficar sem também, mas você não. Tem que manter esse produto constantemente em seu corpo, e ficar sem te deixa nesse estado...Quem não pode nada é você!”

Creio que essa é a essência: Não que um crente não possa fazer nada. Paulo dizia que podemos qualquer coisa (embora nem tudo convenha ao estilo de vida que adotamos quando nos declaramos cristãos). Deixei de fumar quando gostava demais do hábito, de um dia para o outro. Segundo o que estava sendo pregado, podia abandonar qualquer vício, e fiz questão de testar o poder libertador do Mestre. Êxito Dele e Nele.

Sei que posso voltar a beber, fumar e cometer muitos erros contra eu mesmo. Mas desfruto das regalias de não sentir as dores de quem abdica de algo que preenchia as lacunas da alegria que me faltava, e mesmo assim, a alegria não te abandona.

Isso é liberdade.

Como o Mestre prometeu: se o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. A porta fica escancarada, e se pode passar por ela, ficar ou sair, e ninguém mais é capaz de fechá-la: nem morte, nem vida, nem anjos ou principados, nem coisas do presente ou do porvir, nem poderes, nem alturas ou mesmo profundidade, ou qualquer outra criatura. Nada.
Comentários
40 Comentários

40 comentários

Marcia Moreira disse...

Como cristão, devemos dar o bom testemunho de Cristo, e não escândalo. Imagine se me vejam fumando, me embriagando, com uma tatuagem, sabendo que sou cristã?

Regina Farias disse...

PoiZÉ...

Eu ia escrever outra coisa, mas não sei bem por que rss primeiro preciso perguntar:

O que é que tem a ver fumar, beber e ter tatuagem com "bom testemunho"?

Putz!

Bem, o que eu ia escrever é que, como ex-fumante por mais de vinte anos,(comecei aos vinte :P) tendo largado antes de minha conversão, costumo dizer que fumar é a maior babaquice que um ser humano pode fazer consigo mesmo, pelos males que o fumo causa ao organismo e somente por isso quando ele é "consciente" e não contamina o ar dos outros rss

Ingerir bebida alcoólica não faz mal algum ao organismo desde que seja com moderação, já dizia o Ministério da Saúde. Pelo contrário, já se sabe dos benefícios que uma boa dose de uisque e uma boa taça de vinho promove ao nosso organismo. Fora que esse último é uma bebida deliciosa ai ai ai

O mais é invenção neurótico/religiosa/igrejista/denominacional

Abs,

R.

João Carlos disse...

Zé, concordo com você em tudo!

Sou cristão, congrego na Batista, bebo vinho e meu pastor sabe, tenho quatro tatuagens, todas feitas depois que me converti, 17 anos atrás.

Como bem disse Paulo em sua carta aos Colossenses, cap. 2.20-22: "Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como: Não toques, não proves, não manuseies? As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens; As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne".

Se esta for pouca, vejam o que falavam de Jesus em Mateus 11.16-19:

"Mas, a quem assemelharei esta geração? É semelhante aos meninos que se assentam nas praças, e clamam aos seus companheiros, E dizem: Tocamo-vos flauta, e não dançastes; cantamo-vos lamentações, e não chorastes.
Porquanto veio João, não comendo nem bebendo, e dizem: Tem demônio.
Veio o Filho do homem, comendo e bebendo, e dizem: Eis aí um HOMEM COMILÃO E BEBERRÃO, amigo dos publicanos e pecadores. Mas a sabedoria é justificada por seus filhos".

Citar Romanos 14 na íntegra então seria covardia. Vou ficar apenas nos versos 22 e 23:

"Tens tu fé? Tem-na em ti mesmo diante de Deus. Bem-aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova. Mas aquele que tem dúvidas, se come está condenado, porque não come por fé; e tudo o que não é de fé é pecado".

Fui!

João Carlos disse...

Detalhe (pra me chamarem de herege de vez): Já ganhei gente pra Jesus em churrasco, tomando cerveja...

E não foi nem uma nem duas vezes...

Regina Farias disse...

Correção:
"...já se sabe dos benefícios que uma boa dose de uisque e uma boa taça de vinho PROMOVEM ao nosso organismo".

Elídia :) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Carlos disse...

Mais uma vez, cito Citar Romanos 14.22-23:

"Tens tu fé? Tem-na em ti mesmo diante de Deus. Bem-aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova. Mas aquele que tem dúvidas, se come está condenado, porque não come por fé; e tudo o que não é de fé é pecado".

A coisa toda é muito simples! Quem não tem auto-controle, deve passar longe de TUDO o que possa contaminá-lo, mas não se deve criar doutrina baseada em experiências pessoais. Tem gente que não pode ver TV, tem gente que não pode ir ao cinema, tem gente que não pode ir em estádio de futebol, tem gente que não pode nem ir a uma churrascaria, pois desanda a comer feito um porco e cai na glutonaria.

Gente, é tão simples isso! Glutonaria é tão pecado como bebedice ou feitiçaria. Se não tem limites, tá em pecado, mas não é o ato em si, e sim a falta de limites de cada um!

Que haja consciência, maturidade e respeito ao próximo, só isso!

Forte abraço Zé!

JC

Regina Farias disse...

Zé,

Eu vejo assim: quem bebe e não acerta parar é alcoólatra e precisa ser tratado por um especialista na área; e quem vai pra balada e não sabe curtir de forma saudável, não tem hora pra voltar, também precisa. Estes, sim, devem mesmo ficar em casa pois têm tendência à dependência. O que não podemos é fazer disso uma regra geral e inflexível, uma lei doutrinária.

Por outro lado, quem não gosta de beber nem curte balada, tudo bem, mas convenhamos, não tenha a pretensão de se sentir mais brilhante do que quem o faz com moderação e equilíbrio.

E mais: sempre atento para o fato de que os extremos "tudo ou nada" é que não são nada saudáveis, já que absolutamente TUDO na vida depende de quantidade, teor, medida, enfim, de como agimos, das atitudes que tomamos. Isso pra mim é sinal de maturidade.

Eu, particularmente, não sou da "náiti", produzindo melhor durante o dia, seja no que for. À noite sou um prato de papa rss

Ora, não somos robôs, cada um tem sua individualidade, seu ritmo, suas preferências e não são regras denominacionais que vão decidir sobre a vida das pessoas.

Lembremos sempre que temos algo maravilhoso nos dado de presente que se chama CONSCIÊNCIA.

Abs,

R.

Anônimo disse...

Creio que tudo se esclarece quando nos damos conta que somos templo do Espírito Santo.
Temos que filtar nossas atitudes e sempre pensarmos se o que estamos fazendo, faríamos na frente de JESUS.
Você ficaria fumando e bebendo na frente dEle, então, não faça...
Sem contar que isso é um vicio, e todo vício aprisiona.
PAZ queridos!

João Carlos disse...

Estamos SEMPRE 'na frente' dEle... afinal de contas, Ele é onipresente...

Paz amigo anônimo!!!

Isaque Vitor disse...

Achei pertinente a discussão e a troca de experiências/argumentos entre a galera.
Dos comentários que notei, não sou um dos mais experientes, mais indo direto ao ponto, acredito que um argumento irrefutável foi o citado em Rom 14.22-23
Indo um pouco mais adiante, chegamos a parte do auto-controle, exemplo, escândalo.
O ato de fumar causa males a saúde, semelhantemente como glotonaria e semelhantes. O que deveria então ser mais observado ao "beber alcool" (seja cerveja/vinho/wiski) seria o próprio exemplo como crisão, como "luz e sal para o mundo".
O próprio Cristo falou que "o que entra não pode contaminar, mais sim o que sai".
Onde estiveres e fazendo o que for, que seja para a glória de Deus através da sua vida. Jesus levou a salvação a prostitutas. Se você conseguir "entrar no meio" sem se contaminar, vá em frente. Logo, o evangelho precisa ser pregado e se for para ficar arraigado a conceitos humanos, a OBRA toda para.

Anônimo disse...

Se podemos beber e fumar, também podemos, então, ler revistas pornográficas(desde que não se torne um vívo pra nós)

Isaque Vitor disse...

Se podemos beber e fumar, também podemos, então, ler revistas pornográficas(desde que não se torne um vívo pra nós)

Se você acha que isso servirá para a glória de Deus através de sua vida, vá em frente.
Particularmente, acho que não fostes muito feliz em seu comentário.

Regina Farias disse...

PoiZÉ...

Apesar de não valorizar comentário de anônimos, continuo achando que a resposta a certos questionamentos está no primeiro parágrafo do texto...

rodrigo disse...

"Os Dízimos & uns goles".
Certamente, darás os dízimos de todo o fruto das tuas sementes, que ano após ano se recolher no campo. e, perante o Senhor, teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu cereal, do teu vinho, do teu azeite e os primog~enitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas à temer o Senhor, teu Deus, todos os dias. Quando ocaminho te for comprido demais, que os não possas levar, por estar longe de ti o lugar que o Senhor, teu Deus, escolher para ali pôr o seu nome, quando o Senhor, teu Deus, se tiver abençoado, então, vende-os, e leva o dinheiro na tua mão,e vai ao lugar que o Senhor, teu Deus, escolher. Esse dinheiro, dá-lo-ás por tudo o que deseja a tua alma, por vacas, ou ovelhas, ou vinho, OU BEBIDA FORTE, ou qualquer coisa que te pedir a tua alma; come-o ali perante o Senhor, teu Deus, e te alegrarás, tú e a tua casa.(Deut.14:22-26) - e agora manos?

João Carlos disse...

Isaque, meu querido

Você que não foi muito feliz em seu comentário, sinto muito.

Não confunda usos e costumes com desvios morais.

PONTO

João Carlos disse...

Pode crer Rodrigo, concordo com você.

O que não consigo colocar na minha cabeça pensante é como as pessoas insistem e ver somente o que querem ver nas Escrituras.

Cara, como citei lá em cima, baseado no Evangelho de Mateus, capítulo 11, chamaram Jesus de COMILÃO E BEBERRÃO.

Na boa, por mais que entenda e evite 'debater' pontos de vista nesta área, simplesmente não consigo ver, ler ou ouvir quieto quando caem no extremo oposto e vomeçam a enumerar uma infinidade de "não pode, não pode, não pode"...

É algo claro e cristalino!

Ao falar sobre isso, não estou fazendo apologia a beber, fumar ou o que quer que seja. Apenas pergunto:

Vocês que tanto criticam bebida costumam ir a churrascaria?

Na Palavra É A MESMA COISA PÔ!!!

Fiquem com Deus, fiquem na paz do Senhor e parem de julgar quem sabe administrar a liberdade dada pelo Filho do Homem...

Isaque Vitor disse...

João Carlos, acho que você que não entendeu meu comentário...
O início foi comentado sobre o anônimo...
E não fiz nenhuma apologia a usos e costumes.
É só olhar o teor da resposta e o comentário logo acima.
No mais, um abraço

Elídia :) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Não podemos dizer que porque algo não se encontra nas Escrituras como pecado, esse algo não seja transgressão.Alguém pode me mostrar nas Escrituras o termo cocaína? Não tem. Então por isso vou dizer que cheirar cocaína não atrapalha minha comunhão e relaciomento com Deus? Há princípios bíblicos que nos mostra que tudo que destrua o templo de Deus, ou seja, nós, Deus o destruirá. O cigarro contém centenas de substâncias tóxicas que alteram o funcionamento normal do organismo como um todo. Além disso, o cigarro está intimamente relacionado com doenças da cavidade oral tais como: Periodontite Ulcerativa Necrosante e Carcinomas bucais ( ex: Carcinoma Espinocelular). Além disso, fumar eleva exacerbadamente a probabilidade de desenvolver câncer de pulmão.
Diante disso não podemos achar que liberdade em Cristo significa fazer tudo sem se preocupar com as consequências físicas e espirituais. Paulo disso que não devemos confundir liberdade com libertinagem. Cuidado irmão com esses conceitos relativistas. Se por um lado detesto legalismo, por outro lado o relativismo presente no Liberalismo Teologico é destruidor. Além disso, é científico afirmar que vinho em moderação faz bem pra saúde, porém não podemos dizer o mesmo do cigarro.
Sola Scriptura

Ass: Diego

josé Carlos disse...

So tenho a dizer que existe duas portas a larga e a estreita vc tem que escolher pela qual vc quer entrar (Mateus 7:13) - "Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela"

João Carlos disse...

Isaque, meu irmão...

Desculpe!

Pensei que fosse você o "anônimo', reescrevendo o que havia falado e se identificando.

Realmente interpretei desta forma, foi mau...

Mas o que disse fica registrado, não para você e sim para ele!

Um abraço!

JC

Adriano José de Carvalho Moura disse...

Caro,
Sr. José Luís.
Amado irmão em Cristo, creio que o texto que li, no blog Genizah, sobre a questão do uso do fumo e bebida por crentes trás em si uma informação, no mínimo equivocada. Isto para não considerá-la sem fundamento em termos de conhecimento e maldosa. O irmão afirmou o seguinte: “(vale a pena lembrar que o hábito de beber em algumas denominações cristãs evangélicas é perfeitamente normal, como os presbiterianos, por exemplo)”(grifo meu). Ora a pergunta que se pode fazer é se todos os presbiterianos fazem uso da bebida como o afirmado pelo irmão? Creio que não. Até porque há orientações claras por parte do Supremo Concílio sobre o assunto. É só buscar as resoluções do SC/IPB sobre o assunto. As resoluções, conforme Secretaria Executiva da IPB: Ag-1900 - Doc. 21 – (Vícios Sociais); CE-E2-1974- Doc. 10 - Doc. X - Quanto ao Doc. 21 - Consulta Sobre o Uso de Bebidas Alcoólicas (...); SC-E-1988- Doc. 8 CAPÍTULO V - INSTALAÇÕES, VIDA COMUNITÁRIA, FINANÇAS art. 25 alínea “m” (estatutos do e regulamento dos seminários). Todas estas resoluções vão contra a afirmativa do irmão sobre o “hábito de beber” por parte dos “presbiterianos ser perfeitamente normal”. De onde o irmão tirou tal informação? “Acho” que tirou de alguém de vida e prática presbiteriana duvidosa. Alguém possivelmente liberal e que a si mesmo se intitula um presbiteriano, porém sem dar o crédito ao que a igreja afirma por meio de suas decisões. Será esta generalização na argumentação sobre os presbiterianos verdadeira? Creio também que não. Portanto, não sei por que citar a esta denominação de forma, tão generalizada, em uma prática, se é que alguns presbiterianos as tenham e que contraria as orientações da própria igreja. Neste ponto do seu argumento em seu apontamento sobre os presbiterianos, vejo não só o equivoco como a falta de conhecimento sobre a vivência prática da vida do povo presbiteriano, além do que a considero de certa maldade. Afirmo que os presbiterianos não são fumantes e nem fazem uso de tais bebidas. Fica aqui registrado o meu protesto quanto a minha posição contrária a sua afirmativa e uma solicitação de retratação sobre esta de sua parte. Obrigado pela atenção. Que Deus o abençoe. Em Cristo, seu conservo Adriano J. C. Moura.

Menandro disse...

A comida também vicia, alias, a glutonaria, quando não se enquadre como um distúrbio involuntário, emocional ou psiquico, é um pecado explicitamente citado na bíblia.
Então condenaremos a comida, assim como condenaremos o vinho?

Anônimo disse...

Sou cristã há muito tempo, e , sinceramente, eu não vejo nenhum mal em um cristão beber cerveja, vinho, chope. Eu não estou falando de vício, pois podemos ser viciados em doces, salgadinhos, em sexo...e em outras coisas. Todo vício é escravidão. Até hoje eu não entendi esta hipocrisia nas igrejas. Eu procuro não beber por causa dos outros, por causa do escândalo, mas continuo sem entender porque a cerveja é tão perseguida pelos crentes. rs rs rs ...Jesus tomava vinho, e este, contém muito mais álcool que a pobre da cerveja e do chope.

cleber disse...

Bom fumar causa cancer e outros males,bebida tem seus males tambem agora nao tendi o que tatoo tem a ver com bom testemunho,salvação.alias acho que cada um é dono do seu nariz,e sabe muito bem o que quer cheirar..

MENDES disse...

Concordo 100% com o irmão Adriano José de Carvalho Moura . E quando comecei a ler o artigo pensei a mesma coisa: " De onde ele tirou esta idéia absurda de que beber é perfeitamente normal entre os presbiterianos ???". Quanto ao resto, também concordo que ser livre em Cristo e liberto por Cristo é deixar fazer algo por não querer fazer, por não precisar fazer, por não glorificar ao Senhor, por ter aparência do mal (quem define o que é "aparência" e o que é "mal" ou "aparência do mal" ? Se o que você faz escandaliza, pare de escandalizar ! )

Luis disse...

fumar é se suicídio e na bíblia diz que qualquer que cometer suicido vai para o inferno.
todos sabem que faz mal e mata ai é a pergunta se quer destruir o que Deus criou como pode pregar o evangelho da vida pense nisso

Deme disse...

Discussões intermináveis são ótimas, gosto muito delas. hehe

Não sei como, perdi esse texto.

Não vou acrescentar mas comentários ou pensamentos, digo somente que penso parecido com o João Carlos.

Teófilo disse...

Eu não beia até os 30 anos, hoje tenho 35 e bebo Vinho e amarula, que sãobem docinhas.

Anônimo disse...

então se prostituir também estar liberado????????????? experimentem ler a bíblia.

Zé Luís disse...

"Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convém..."

É dessa bíblia que fala?

Quanto mais eu conheço alguns evangélicos, mais a vontade de ir a igreja passa...

Anônimo disse...

Parem de ficar debatendo assuntos q não edificam a nínguem, quem bebe e gosta vai ficar usando a palavra para acobertar o erro, quem não dízima, quem mente, quem é soberbo, quem é infiel,quem se prostitui, quem acha q é dono da verdade, quem se acha mais santo q os demais, todos farão o mesmo.Enquanto isso existe um Deus q está no céu,que deu a vida de seu próprio filho para tivéssemos vida e tivéssemos em abundância,q pediu p q amassemos Ele sobre todas as demais coisas e ao próximo como a ti mesmo.E aí já conhece esse Deus de verdade ou só de ouvir falar? Vai fazer a tua parte e ser Luz Do Mundo e Sal da Terra!!!!

Anônimo disse...

É engraçado..eu li isto e fiquei O_O ... é que não podem estar a falar a seriu?! Vcs querem que eu vos conte primeiro a historia do meu pai aalcolotra que chegava todos os dias a casa bebedo e jogando tudo a frente ou a historia da minha asma e de meu irmao fumar dentro de casa e eu por levar com o fumo tenho qu ir muitas vezs bater ao hospital?! Epa matem-se! A seriu... qualquer dia é tudo liberado mesmo.... Bebida não faz mal se bebermos moderada mente, sim...ao contrario do cigarro que só faz mal e as pessoas teimam em meter aquela bosta na boca pra prejudicar os outros... realmente prejudicar os outros não é pecado.... e tavam a falar tambem da comida... e então ? a gula tambem é pecado?! Qual é a voça?! Tentar esconder os vossos vicios nojentos! é por essas e por outras que a igreja anda perdendo fieis... eu mesma vou À igreja e na porta vejo bebedos e cheio de pessoas fumando...so me da vontade de vir embora...eu fico pensando " se isto é normal... eu nao sei ondde me vim meter" é que se fumar é liberalizado... Eu vejo ate padres fumando? Qualquer dia vejo padres numa casa de alterne..e é tudo normal... Deus disse amem-se uns aos outros...os homosexuais que nao tem culpa de nascerem assim são condenados.... por amarem uma pessoa do mesmo sexo... mas os fumadores que vivem destruindo vidas não são condenados porque têm livre arbitrio fazem o que querem da sua vida! Se é assim.. que injetem droga que so fazem mal a eles mesmos! Andar por aqui a espalhar fumaça pelo ar é que não.! Jesus precisa voltar à terra mesmo!

Michel W. Santos disse...

Penso eu que a salvação é individual, não adianta cada um por o seu ponto de vista, pq nós seres humanos e imperfeitos, vemos só o que queremos, vemos só o que realmente nos interessa. Que Deus faca o juizo sobre cada um, não sou religioso fanatico, mas DEUS me tirou do meio de churrasco, mulheres, bebida nunca fui viciado bebia uma hora ou outra, porém hj crente em Jesus acho que se ele me tirou essas coisas nao preciso eu voltar a praticalas, enfim que Deus abencoe. ITm 04:01-02 .. afinal ser crente e poder praticar os desejos da minha carne é facil, evangelho é boa nova, a boa nova é anunciar Jesus Cristo, e como ele mesmo disse, temos que renunciar, se quizermos segui-lo...

Anônimo disse...

iokm

Anônimo disse...

Eu falo a verdade., convertir-me a cristo pouco antes da minha juventude, fui instruido em todos os ensinamentos e princípio da teologia Bíblica;no passar do tempo, atendir chamado ministeriais, preguei e cantei com instrumento e playback's no templo e em conscentrações em massa, fiz muito evagelismo pessoal,, mas, em meio ao passar dos tempos, em consequência de várias perdas conjugais, hoje aos 56 de idade, estou a sós em uma pousada; em mêio a solidão com um hábto de fumar cigarros de carteira; tentei parar, e ainda continuo tentando mas ainda ñ conseguir... pergunto se o fato de eu fumar cigarros de carteira me torna candidato ao inferno por cristo.????? por favor me deem esclarecimentos reais á esse aspecto!! Obrigado a todos!!

Siro da Silva disse...

Esses comentários são Ideais para se fazer Levantamentos sobre as causas pessoais que envolve muitas pessoas no sêio evangélico, e que necessita de esclarecimentos pertinentes as mesmas; tudo de bom e a paz de Cristo Jesus vos auxiliem..!!

Anônimo disse...

Sou crente e nao consegui ainda parar de fumar. Acho que tomar uma cervejinha de vez em quando (pouco ne?) nao seja pecado mas e bom evitar assim como estou fazendo porque temos que ser o sal da terra e testemunhos de Cristo, o perfume de Cristo. Entao eu nao aprovo a bebida. mas o cigarro estou lutando p parar.

martaa disse...

Eu ssou dda igreja seis meses. E bebi foi uma fraqueza e estouddepresssiva me jjudem?

Postar um comentário